22 abril 2007



E S T Á T I C O





Houve um momento
breve instante
que parou o girar do mundo
e tudo ficou estático
percebeu-se a essência
num piscar de olhos
profundidade absoluta
do sentimento
Houve um momento
em que não foi preciso
nenhuma palavra de amor
sussurrada a meia-luz
nem a caricia nos seios
ou o suspirar eterno
dos anseios
escancarou-se apenas a alma
abrindo suas asas
inexplicavelmente
Houve um momento
em que nossos corpos desceram
bem no fundo da realidade
e leves...flutuantes
subiram etéreos no mundo do sonho
e entenderam que era muito mais
do que apenas palavras
Houve um momento
em que percebemos
o amor inteiro, nao-sexual
mas feito de doçuras
em gestos suaves e ternos
onde os olhares
trans-cederam a alma
trans-bordando ternuras

®Mary Fioratti

13 comentários:

Amaral disse...

Como te compreendo!
O amor-ternura, a candura do gesto, o olhar sereno do Amor nas profundezas do Ser...
O tal momento em que "apenas UM está no quarto"!...

Ricardo Rayol disse...

Mary, um átimo e mudos amantes se entendem... coisa mais linda de se ler.. perfeito.

Endless... disse...

Epa!!
Gostei!! :)
Que lindo!!! No seu todo!
Parabéns Mary!
Um conjunto de sentimentos e emoções sempre apetecíveis!

Começo do poema simplesmente sublime:
"Houve um momento
breve instante
que parou o girar do mundo
e tudo ficou estático"...

Acredito que o mundo “pare” em determinadas alturas, mas nem tudo fica estático...
Pelo menos, nesses momentos quase sempre indescritíveis e únicos, no mundo existem, pelos menos dois corações, que seguramente não estarão estáticos... ;)
Antes pelo contrário, eh eh!

Muito feliz essa imagem de Paris!
Uma das “capitais” do Amor e Romantismo!

Deixo um beijinho no teu lindo coração!

Jorge

o alquimista disse...

Manhã submersa de palavras
Lava ardente nevoeiro
Uma nuvem que ameaça
Transfomar-se em aguaceiro...


A magia da atlântida dança no sul da ilha, saudade,
Transforma azul hortência
Em diamante de luz, que em meu peito arde


Mágico beijo

Patty disse...

Que maravilha Mary!

Vou embora comovida...
Beijos e ótima semana!

Menina do Rio disse...

Estático
Nada se move
nem o vento
calam-se palavras
para o tempo
A realidade
flutua
leve...

beijinhos

Saramar disse...

Mary, só você para contar do amor assim, com tanta ternura e beleza.
Lindo, lindo.

beijos

Amaral disse...

Faz tempo que não aparecias e muita coisa aconteceu.
Foi um prazer escolher o teu trabalho como um "dos que fazem pensar", por tudo aquilo que ele encerra e pela singeleza que se desprende de cada post.
O selo é uma distinção e, naturalmente, pode, como rezam as regras, ser colocado em destaque no teu blog.
Quanto ao "2 em 1", fazia parte daquela corrente, a que eu também aderi...
Tudo de bom na tua vida, Mary!

Silvana Porto disse...

Olá Mary querida

Parabéns por ser esta pessoa especial. Linda homenagem do Zé Carlos.
Você merece muito mais.
Desejo-lhe uma linda noite e belos sonhos.

Beijão... Sil

Menina do Rio disse...

Vim deixar-te um beijinho de bom final de semana!

Daniela Mann disse...

No meu blog há um presente para si!
Vá buscar!

Nani disse...

Mary gostei muito das palavras...

li também o post anterior...
Obrigada por momentos assim.

Convido-te para apareceres no meu cantinho que hoje faz um ano.

Nani

Cristina disse...

Maravilhoso
:)
beijinhu