29 junho 2008



O QUE EU APRENDI HOJE?




Como disse a vocês, adoro o verão!
É um tempo que me faz reciclar, junto todas minhas energias para o inverno que chega.
Sinto-me nova.
Uma amiga me disse que a minha declaração de amor pela vida é o antídoto para todos os males.
Deve ser verdade mesmo. Porque sou feliz aos extremos, com as pequenas coisas que me acontecem.

Se vocês pensarem bem, tudo e um grande presente! Mesmo as pequenas coisas que nos são mostradas no dia a dia.

Aprendi a manejar meus pensamentos, e fazer deles sempre um alvo positivo para tudo.

Muitas vezes quando deito, começo a pensar na minha filha, ou na minha família, e esses pensamentos as vezes tornam-se preocupados com alguma lembrança. Então, sigo o exemplo que minha irmã me deu: pensar detalhadamente na cena de um filme bonito que assisti, ou lembrar num acontecimento gostoso de minha vida.
E as minhas lembranças preferidas sempre recaem no tempo que eu era jovem e assistia novelas com minha mãe na sala, nossas reuniões de Natal.

Tambem gosto de lembrar de pedacos da infancia da minha filha. E um deles era quando ela tinha 14 anos, e eu deitava com ela e ficavamos a conversar a noite. A lembranca que tenho era olhar para seu sorriso com aquele aparelhinho nos dentes.

Um dia desses eu estava a pensar sobre o destino. Sobre as coisas predestinadas, essas que dizem "serem escritas".
Acredito que com nossas atitudes, podemos influenciar nossa vida.
Através de nossa vida, Deus nos da lições. Essas lições se apresentam diante de nos com muitos "rostos" diferentes.
Pessoas que encontramos nas ruas, fatos que acontecem diariamente em nossa vida são lições constantes, mensagens camufladas.
O desafio MAIOR é saber interpretar tudo que aparece em nosso caminho.
O importante é saber que Deus não da nunca MAIS do que podemos suportar.

Acredito que as pessoas que cruzam nossa vida tem um significado especial, e trazem ensinamentos como se fossem "paginas de livros".

Vocês já sentiram uma felicidade interior por terem aprendido algo? Uma lição de vida que vai fazer uma grande diferença no nosso dia a dia?

Muitas vezes eu me senti assim. E sempre procuro passar para a frente o que aprendi. E procuro passar de uma forma subjetiva, em meus gestos, em minhas atitudes. E sempre procuro aprender com outras pessoas, um pequenino segredo para se viver. Principalmente com os velhos, que são verdadeiros livros de historias. E com as crianças, pela simplicidade. Como elas, deveríamos enxergar tudo pelo coração.

Enquanto na vida podemos crescer, e aprender, tudo vai ter um sentido.

Vou dizer a vocês agora, algo que aprendi.

Sou uma pessoa a mil por hora. Faço diversas coisas ao mesmo tempo, e enquanto estou fazendo, já estou pensando na próxima. Muitas vezes chego em casa e começo a arrumar a cozinha, enquanto passo pego os tapetes no corredor, ao mesmo tempo varro a área, enquanto lembro que tenho que ligar para alguém.
Num intervalo, eu venho aqui, e escrevo rapidamente um email para minha filha. Depois volto ao que estava fazendo.
Esses pensamentos e essas acoes passam quase todas ao mesmo tempo na minha cabeça, e também nas minhas atitudes.

Essa cirurgia que eu fiz em fevereiro, eu adiei por muito tempo. Mas nao por medo.
E sim porque eu ficava pensando em ficar parada, ou dependendo de meu marido, sem poder fazer as coisas.

No entanto, percebi nessa cirurgia a lição que Deus me ensinou: apreciar as coisas com lentidão. Olhar para o mundo de uma forma mais apreciativa, mais detalhada, em vez de tropeçar na vida.
Aprender a ser humilde, e depender dos outros.

Passei a TER que andar devagar, a fazer as coisas com mais lentidão. Isso me deu uma perspectiva tão diferente do mundo!
Comecei a perceber a minha fragilidade, e não somente a minha "fortaleza".
Entendi com mais profundidade o mundo das pessoas velhas.

É indescritível a sensação que sentimos quando estamos num Hospital. Ou quando estamos doentes. Vestindo uma roupa branca num Hospital antes de uma cirurgia, nos igualamos a todos os seres humanos. Ali não existe vaidade, mesmo porque ela não vai adiantar muita coisa. Estamos ali entregues nas mãos de Deus.

O que queria passar para vocês hoje, e o que estou sentindo. A vida é preciosa. Cheia de lições escondidas, onde temos que como um quebra-cabeças, ir juntando as pecinhas...uma aqui, outra ali...

Que possamos todos os dias achar uma pecinha nova. E no fim do dia perguntarmos a nós mesmos: "O que eu aprendi hoje?"

E você que vem aqui me visitar ... conte uma coisa que aprendeu com a vida.

Eu gostaria de aprender também!


Mary Fioratti

9 comentários:

Zé Carlos disse...


"Para ser paciente é preciso domar os próprios impulsos inferiores.
Quem pretende ser tolerante deve cessar de ver problemas nos elementos externos, sejam pessoas ou circunstâncias."

Boa lição vc nos dá sempre, bjs

Manelito Caracol disse...

fantástico post!
:)

☆Fanny☆ disse...

Querida Mary!

Sempre que aqui venho tenho vontade de dar um abraço, sabias? Que encanto de pessoa! Irradias uma LUZ muito especial e acendes estrelas nos corações de quem te lê e sente as tuas vibrações de positivismo!

Muito obrigada, amiga!

Sabes? Eu aprendi que a nossa vida é um livro com muitas páginas...devemos folheá-lo com carinho, com alguma tristeza também...E por que não, se os tropeços que levamos são aprendizagens que devemos receber?!
O segredo está em nós... sabermos dar a volta aos momentos menos bons e olhar o futuro com um sorriso. A chave de ouro está em nós...e só nós sabemos como abrir as portas fechadas que tantas vezes se nos apresentam pelo nosso caminho!

Eu tenho aprendido muito com pessoas lindas como tu...e por isso eu sempre venho aqui com uma esperança de levar um sorriso na alma.

O meu blog está com uns problemas, tive de alterar o endereço, pois houve um momento em que tive necessidade de o tirar do ar. Quando voltei para o colocar novamente, já alguém o tinha levado. Por isso o novo endereço é: http://simplesmentemurmuriosdealma.blogspot.com
Já falei com a nova "propríetária", no sentido de ela mo devolver, mas ainda não me respondeu.
Seria bom que ela aceitasse, pois há amigos de muitos anos que têm o meu blog linkado.
Espero que se resolva, até lá fica este endereço, possivelmente temporário.

Um beijinho*

Fanny

BANDEIRAS disse...

Nossa Mary querida ! que maravilha de texto, amei !!!
Sabe, eu vou a partir deste momento, refletir sobre algo que vc falou: aprender a depender dos outros, ser humilde. Sou como vc, faço mil coisas ao mesmo tempo, mesmo que isso me extresse, mas gosto de agitação. Mas sei, que devo parar e fazer tudo mais devagar, com calma. Devo tambem delegar mais poderes aos outros, dividir tarefas, ser menos perfeccionista, achar que só eu sei fazer certinho.
Vou repensar em tudo isso a partir de agora e vc é responsável por isso. Vou me fazer aquela pergunta: o que eu aprendi hoje ?
Seu sorriso é de uma pessao feliz.
Grande beijo

tulipa disse...

OBRIGADA!! Pela partilha.

Por aqui, ofereço cavalos,
feira equestre
e regata de barcos
neste fim de semana.

Beijos.
Bom fim de semana.

Belíssimo texto...
Os meus sinceros parabéns!...

Passei para te deixar um abraço. Grande...grande...

Você é especial!

ALF disse...

Eu como ninguém fico felicíssimo quando aprendo algo. Essa alegria interior toma conta de mim de uma maneira incrível. E aprendo muito, e atento sempre, apuro com muito zelo os olhos do meu coração para não perder cada fração de ensinamento que a vioda nos oferece.

Também aprendo com as pessoas ao meu redor, principalmente. Todas que eu cruzo me traz algo pra ficar.
Você minha queridíssima amiga, me trouxe muitas coisas boas, porque ler tudo isso aqui e dá esperança, me alimenta com um sorriso sem igual, de valor inestimável.

Eu li com um pranto nos olhos o comentário que tu deixaste pra mim lá e posso dizer com certeza que é recíproco. Mary, você é uma pessoa maravilhosa, que pulsa uma sensibilidade sem limite e que nos encanta com essa luz que tem pra viver. Olha, nem tenho palavras pra agradecer aquele carinho exagerado e tão afável.

Obrigado mesmo minha linda amiga.
Também te amo muito. Tu és um ser humano que vive intensamente no meu coração.

olha, se cuida e saiba que jamais deixarei esse mundo aqui, não enquanto puder decidir isso rsrs

Beijos floridos
;)
Te adoro

BANDEIRAS disse...

Querida amiga,

Hoje aprendi que o dia passou tão de repente, quase uma ilusão de um sonho, amanhã um outro dia e depois mais outro...
Bom mesmo é sentar e jogar conversa fora com os amigos,
bjs

Anônimo disse...

Mary... Aprender é uma constante enquanto aqui pousarmos. Sim, apenas pousamos por aqui, porque a eterna vida não é deste plano, é muito mais elevada, além!!!
Não hoje, mas há alguns meses aprendi e entendi de maneira definitiva que nunca estamos sós, Que Ele sempre conosco está!!!
Já tinha tido umas duas experiências da presença de Deus ao meu lado, mas nunca como a última que vivi, na qual a minha fé fêz-se montanha maior na fortaleza e altura alcançadas. Ele me tomou nos braços e em Seu Santo Ombro repousei minha dor e tudo o mais deixou de ser, apenas uma paz imensa me veio e todo o sofrimento partiu. Mas além da presença d'Ele, senti também todos vocês, Amigos e Amigas... Juntinhos de mim, comigo. E essa paz inexplicável, num momento em que tudo poderia acontecer, ainda mais forte se fez, de maneira tal que mesmo nos momentos mais cruciais me mantive assim: Branca alma e coração tranquilo... Porque eu sabia: Ele me tinha nos braços e vocês, de corações abraçados, erguiam preces por mim ao Senhor de Toda História! Eu não estava sozinha, jamais ficaria só. E é n'Ele, com Ele e por Ele que aqui estou e a Ele oro e agradeço pela felicidade de ter vocês em minha vida. Aprendi muito com esse meu renascer, minha Amiga. E eternamente agradecerei ao Pai minha cura e pedirei por todos que na união, no amor e na fé estiveram comigo enquanto noite o meu horizonte. E você, Amada Mary sempre será no meu coração... Amiga e Irmã no amor e na fé!!!
Obrigada!!!
Para sempre... Obrigada!!!
Te Amo, Mary Ternura!!! Iza

"Porque as flores verdadeiras não dependem da primavera para perfumarem nossas almas"
Iza

ZezinhoMota disse...

Este teu post, foi uma leitura que dá bem para ter um momento de "REFLEXÃO!

Eu não teria um mas vários exemplos de vida para contar...

Mas quando em Setembro de 2000 no Hospital da Universidade de Coimbra. O doutor Professor Manuel Antunes um dos melhores Cirurgiões da Caixatoráxica da Europa, me disse que tinha que ser operado ao Coração! Que aliás bem dificil a um "ANEURISMA".

Eu não olhei para trás mas sabia que não valia a pena pensar duas vezes porque só tenho uma vida...

E fui operado a 7 de Novembro 2000 e estou aqui curado...

Aliás, acho que já te contei esta história...

Mas será um exemplo que por mais dificeis que sejam os momentos, se tivermos pensamentos positivos existe logo aí uma grande possibilidade de seguirmos em frente.

Bjnhs

ZezinhoMota