22 abril 2010



NAQUELA TARDE DE ABRIL



Lembro-me tão nitidamente daquela noite
desde o momento em que você abriu a porta
e eu com passos lentos entrei
havia um ar de encantamento
em seus olhos profundos
sua figura máscula, sua calca jeans
o falar do seu corpo com o meu
na energia da distancia
havia um desejo camuflado
em cada pequeno gesto

Lembro-me tão nitidamente
dos nossos assuntos bobos
das risadas cristalinas
do vinho vermelho brindado
com nossas mãos atravessando a mesa
e através da transparência das taças
nossos olhos brilhando de desejo
e aquele abajur no canto da sala
fazia do seu rosto esboços entrecortados
(ou seria o vinho subindo na cabeça
tirando-me da realidade?

Lembro-me tão nitidamente
daquela musica estonteante
que ecoava como pano de fundo
e quando você levantou
com seu corpo másculo e atraente
andando pela sala descontraído
de um modo irreverente
aumentando o som da musica
cantando e sorrindo como um menino
(como meus olhos o amaram naquele instante
desfolhando seu ser completamente)

Lembro-me tão nitidamente
de suas mãos mornas entrando em meu decote
tocando meus seios arrepiados e frios
do seu olhar pedinte
quando deitou meu corpo naquele sofá florido
de sua boca umida desenhando arrepios
em todo o meu pescoço e meu ouvido
do cheiro de sua colonia misturado com sua essência
que parecia causar uma sensação fria em minhas costas
fazendo-me fechar os olhos entreabrir os lábios
para colher seus beijos de vinho

Lembro-me tão nitidamente
da entrega total e absoluta
das roupas no chão, dos nossos corpos nus
dos suspiros, dos sons abafados
das palavras sussurradas em meu ouvido
do amor gritando em forma de sentidos
seus cabelos macios em minhas mãos
e seus olhos fechados em pura entrega
lá fora um tom de sonho no céu cor-de-anil
e um calmo sentimento de certeza
assolou-me tão nitidamente
naquela inesquecível tarde de Abril


Mary Fioratti

10 comentários:

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Que tarde de abril mais instigante, Mary. Juro que o êxtase dessa sua emoção forte foi além da gravidade de toda linguagem. E você tem toda razão, deixar o coração psicografar a emoção é saber que podemos mover mais sentimentos nobres nessa vida. Você é linda, sabe emocionar sem esforço, principalmente, quando faz essa junção fantástica de sinceridade e vibração. O gosto desse seu momento marcante é abraçado com o sorriso de um amor cheio de letras.

Um beijo, um abraço e um cheiro, menina que adoro demais, admiro mais ainda e que mora no meu coração.

Rebeca


-

Anita disse...

Que emoção esta tarde de Abril :)

Um beijo*

Dora Regina disse...

Que linda a sua tarde!
Uma ótimo fim de semana para você!!!!

/(,”)\\
./_\\. Beijossssssssss
_| |_……………..

BANDEIRAS disse...

Oi linda !

Uma tarde dígna de ser lembrada.
Como é gostoso qdo temos coisas assim para lembrar, é como se a gente revivesse tudo outra vez.

Bjs

Pé de Salsa disse...

Que tarde...!!!!!

Lindo. Adorei!

Bjs

Bia Carvalho disse...

Desculpe a invasão, mas eu tenho uma ótima notícia!

O Blog Amor, Mistério e Sangue está estreando sua primeira promoção!!!

O prêmio para o vencedor é o primeiro volume da Série "A guerra das Sombras"

O Livro de Dinaer
Para mais informações sobre o livro
http://www.aguerradassombras.com/dinaer.html

Você não pode perder essa super promoção!!!
http://amormisterioesangue.blogspot.com/2010/04/primeira-promocao-do-amor-misterio-e.html

Bjs e boa sorte!

Radialista disse...

Olá linda pessoa,que lindo tudo que vc escreve falando de saudades, faço mimha suas palavras, em nossa mente temos guardado um arquivo de saudade,um grande beijo em seu coração, que Deus te ilumine sempre.Edmilson seu mais novo admirador. bjs

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Curto demais propaganda, principalmente se existir criatividade na hora de encantar com amor. Essa além de maravilhosa é envolvente...

Assista com amor, espero que goste:

http://www.youtube.com/watch?v=ensckApupW0&feature=player_embedded

Beijo imenso, menina linda.

Rebeca

-

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Mary,

Aff, aquelas imagens me fizeram encher os olhso d'água, menina. Sabe quando você não espera tamanha delicadeza? Sei que você é encantadora, mas não sabia que tanta sensibilidade é confortada. É, todas as brigas são com as palavras, porque não deixamos repousar a ira. E esse abrigo que vejo em sua direção é caloroso, amigo, terno. Estou aqui pra deixar um afago, aquele dengo que sentimos quando queremos muito bem a alguém, viu?

Receba esse cartão com carinho:

http://voxcards.ig.com.br/scraps/personaliza.aspx?c=573

Beijo imenso, menina linda do meu coração.

Rebeca

-

Voodoo disse...

O tempo passa, diria um post atrás,
ou mesmo seria se ele passou???
Os dias nunca são iguais, apesar de nossa mais aguerrida vontade, não somos Deuses, humanos nos resta poucas opções, ou somos Deuses??
abx