06 junho 2010



A primeira flor do meu jardim - lilly"



ESSA FISSURA DE VERÃO




Não sei o que acontece comigo, deve ser algo de nascença, mas tenho uma fissura por sol.
Quando vejo da minha janela aquele sol de manhãzinha, já começo a sentir aquele apelo irresistível (digo: IRRESISTÍVEL) de ir para a piscina.
E lá, quando deito naquelas cadeiras e recosto meu corpo, passo bronzeador, coloco meus óculos escuros, eu quero que o mundo acabe em um barranco, para eu morrer encostada.
Eu espero esses poucos meses o ano todo, mas quando eles chegam, eu não quero saber de nada, minha vida é SOL.

Hoje, deitada na piscina, em total silencio, (ouvindo apenas o barulho da criançada), mas aquele silencio interior, aquela paz, fiquei sentido o sol queimar meu corpo, e pensei não existir sensação mais deliciosa nesse mundo. Sinto-me viva.

Depois, quando esta assim quase “insuportável” o calor, ir no escorregador de agua, aqueles fechados, escorregar naquele labirinto tirando todo o stress...caindo naquela agua deliciosamente fria... e nadar, nadar, nadar, e nadar...



Quando estou na agua, eu me sinto um peixe... afundo e tenho uma tremenda vontade de respirar lá dentro... eu fico em duvida se eu nasci dentro da agua (rs). Mas o apelo e sentir tudo isso, eh muito forte.

Eu vejo pessoas que passa verão, entra inverno, ficam dentro de casa com o ar condicionado ligado, nem pensando em ir na piscina. Tenho vizinhos e mais vizinhos assim.
Mesmo meu marido, ele adora nadar, vai comigo a tardezinha, mas não é fanático por sol. Eu sou. Protejo-me bem com protetor solar, mas não quero perder “um só rainho de sol” nesse verão.

Não sei explicar aqui a sensação Não sei se é porque eu fui criada quando pequena em Ubatuba, uma cidade de praia, e lembro que antes de ir a aula, eu ia no mar... aprendi com meu pai a furar ondas, nunca tive medo de agua. Alias, a atracão que tenho de ir para o fundo do mar é muito forte.

Lembro que um dia meu pai e eu fomos nadando, nadando, nadando, (eu devia ter uns 12 anos) e de repente quando olhamos a praia estava um “risquinho” lá longe... e voltamos, e nadamos, e nadamos, aquele dia eu pensei que não aguentaria...
E meu pai perguntava entre uma nadada e outra: “E ai, Russa? Ta aguentando?” Russa era meu apelido, porque quando pequena tinha cabelos vermelhos e sardas.
E eu: “To pai”... e lá íamos os dois... e lembro de minha mãe na areia desesperada nos chamando... e dizia para meu pai: “Não faca mais isso! A Maria Inês é pequena”...

Não..eu não era pequena... eu era já crescida para nadar, e curtir aquilo tudo. Era uma sensação de liberdade a furar cada onda gigante que aparecia. E depois, quando furar, ser levada por aquele redemoinho dentro da agua... ainda consigo ouvir a risada do meu pai, quando eu saia tossindo, e puxando o ar...
Que felizes momentos!

Hoje eu simplesmente tenho paixão sol e agua. Se eu pudesse, quando amanhecesse um dia de sol, eu ficaria o dia inteirinho entre agua e sol, e sol e agua...sem comer, só precisando de agua...nada mais.
No Clube que vou, eles vendem um copo de agua com gelo, $25 cents (rs). E eu tomo muitassssssss.
E depois deito, e tomo sol.. e quando viro de costas na cadeira, fico a observar as crianças. Hoje eu via uma menininha falando para a mãe: “Olha mãe!” e afundava... depois “Olha mãe!” e nadava... eu lembrei tanto de minha filha quando era pequena, eu a levava na piscina e ela ficava me chamando o tempo todo para olhar o que ela fazia.

Quando morávamos em Detroit (Michigan) eu ia com ela na piscina de manha, e era tão engraçado, ela tinha dois aninhos... e eu levava uma bóia Colocava a bóia em seu corpinho, e ela corria e se jogava na piscina funda, sem o menor medo... E eu pulava atrás. e brincávamos muito.

Agora uma das musicas mais lindas que representa o que eh estar numa praia e sentir toda essa emoção de sol e agua...ai vai, cantada magistralmente pela Maria Betânia: “Uma tarde em Itapoa”.

Eu fui... e vivenciei tudo isso!




Mary Fioratti

20 comentários:

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Mary,

Sinto o seu amor pelo astro rei, vejo como é bom poder escrever essa alegria do que gostamos. E seu pai, Russa? Que homem mais confiante na filha, que aventura mais desgarrada essa que vivenciaram, sua mãe deve ter ficado com muito medo, como dizem por aqui: "mar não tem cabelo"...ahahaha. E quando leio seus comentários, tiro tanto proveito deles, Mary linda. Amo aprender com pessoas que são espontâneas, que levam um casamento como namoro, mesmo com tanta responsabilidade embutida nas costas. Vocês dois são leves, sabem ser um do outro e isso é conquistado com intimidade. É intimidade. Porque nem todo casal consegue ultrapassar essa barreira, muitas vezes vivem como se fosse estranhos, triste, mas existe. Você é vida, é luz e acima de tudo companheira de todos os momentos. Nada seu é sozinho, tudo tem companhia, porque você sabe chegar junto até mesmo com seus sentimentos mais íntimos. Seja amando o sol, a água, a vida, o marido, a filha e os amigos.

Você é daquelas que vai morar pra sempre no meu coração.

E ó, meu próximo post será com esse tema, viu? Seu pedido sempre será um dengo pra mim.

Beijo imenso, menina linda.

Rebeca

-

Mary disse...

O sol!!!Lembra infância em Niterói/RJ...

FERNANDINHA & POEMAS disse...

QUERIDA MARY, QUANTA SAUDADE AMIGA... PARTILHO CONTIGO O FASCINIO DO SOL E DA ÁGUA... SÃO MOMENTOS DESCONTRAÍDOS E BELOS...!
ADOREI O TEU TEXTO... ABRAÇOS DE CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Todo domingo mando algo que acho interessante para os amigos e hoje não poderia ser diferente. Encontrei por uma menina que brinca com o designer fazendo pontilhado em almofadas. Muito legal, até porque quando os pontos são ligados é uma posição do kama sutra que aparece. Leve e original, amei! Espero que goste, porque Milene Rebuzzi se garante:

http://www.coroflot.com/public/individual_set.asp?individual_id=275238&set_id=419719&

Beijo imenso, menina linda.

Rebeca

-

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá amiga! Passando para te desejar uma ótima semana e dizer amei o texto. Li e fiquei muito feliz. Isso porque a felicidade dos amigos também é a minha felicidade.

beijos e que fiques na paz de DEUS.

Furtado.

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Acabei de fazer o post com o título que você pediu.

=]

Beijo imenso, menina linda.

Rebeca

-

Geraldo Brito (Dado) disse...

Também sou fissurado por sol.
Eu, que já morei em Salvador, acho linda e muito poética essa canção (Tarde em Itapuã),inclusive na primeira vez que estive lá em Itapuã a música começou a tocar no bar que estava. Bem mágico.
Saudações e parabéns pelo blog!

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Afffffffffff, que essa menina sempre tira de mim o sorriso mais admirado. Você sabe encharcar soltando labaredas, Mary linda. Até mesmo suas verdades são extremadas, porque tudo dentro de ti é vida e corre sangue até nos seus sentimentos. Para muitos o amor é cafonice, é pieguice e sem valor. Só quem verdadeiramente vive essa loucura é que consegue ir profundo nesse segredo guardado no peito. Acabei de colocar uma observação na postagem, dizendo que seu pedido virou aquele post, depois passa lá e veja. Amei, amei, amei, suas palavras no dia do meu aniversário. Ah, sou meio Porcina mesmo...ahahahaha. E o nosso querer bem, uma pela outra, só faz enfeitar mais ainda essas palavras admiradas.

Você é estrela cadente!

Amodoro TU também!

=]

Rebeca

-

Hod disse...

Olá Mary, vim lá de Rebeca para conhecer suas atmosferas, pois adorei a maneira como Rebeca atendeu sua sugestão para post.
Falar sobre essa estrela que é o nosso sol é um prazer pois não posso ficar muits horas sem um banho de sol.
E como estive rescentemente em BH Minas, curti um pequeno verão com muito sol diariamente. Agora aqui no Sul o Frio que tb tem lá suas vantagens desde que com muito sol.

Forte abraço,

Alôha,

Hod.

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Hoje é dia dos namorados e, como amo criatividade, essa propaganda tem tudo a ver:

http://www.youtube.com/watch?v=M4nFe8WL-wQ

Espero que goste.

Beijo imenso, menina linda.

Rebeca

-

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Mary,

Acredita que foi a mesma coisa que Jota Cê achou sobre o vídeo? Realmente não tem como ficar de cara feia quando a pessoa que amamos pede colo e se sente frágil perante uma situação. Assim que começamos a namorar mandei esse vídeo pra ele, simplesmente ficou marcado, até mesmo o jeito todo birrento dela. Quer dizer que ficou emocionada? Só sendo uma mulher cheia de sentimentos lindos no coração pra saber sentir dessa forma.

Adoro essa menina linda.

Beijo bem grandão e feliz dia dos namorados pra vocês.

Rebeca

-

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Mary, esse pacote todo veio com esse estalo de primeira vista mesmo. E que atravesse décadas, amém. Como Rebeca vive dizendo: você é uma querida!


abraço e até mais.

Jota Cê

Anita disse...

Gostei muito de sentir esse teu sentir :) E a música diz tudo!

Deixo um beijinho*

ZezinhoMota disse...

Olá amiga, boa tarde.

O mar nos liberta de tudo. Lá eu estava num mundo diferente.

Gostei muito desta tua narrativa...

Quero dizer-te queconcretizei um dos meus maiores sonhos; publicar o meu primeiro livro "A Natureza e o meu Poema"...

Abri um blogue para falar nele
http://omeupoemanolivro.blogspot.com/

Com o título do livro...

Foi um momento muito especial quando tive o livro à minha frente...

Não houve lançamento porque fui o Editor do meu próprio livro...

Porque as Editoras levam, para a minha carteira, claro, muito dinheiro e arranjei que mo imprimisse...

Virei Editor e minha amiga espero nunca mais parar...

Bjnhs

ZezinhoMota

Zé Carlos disse...

ERRADO!!!!!

A primeira flor do seu jardim é vc, minha menina querida e orgulho dos moradores de Marília!!!!

Beijão do teu amigo ZC

BANDEIRAS disse...

Passando para deixar beijinhos.

Nilda Bandeira

ParadoXos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
jefhcardoso disse...

Lindas lembranças.
Jefhcardoso do
http://jefhcardoso.blogspot.com

Vieira Calado disse...

Havia muito

que aqui não vinha.

Os meus melhores cumprimentos.

Lainha disse...

Se o intuito era emocionar! Conseguiu! Não pude conter as lágrimas diante dessa narração. Me dá uma saudade do que não vivi ou do que se perdeu lá atrás sabe! Bem aventurado aqueles que te tem por perto Mary!
Que o raiar do sol te traga boas energias sempre, para que possa dividir historias maravilhosas como esta conosco.

Bjooooooooooo *_*