12 outubro 2008


TOQUES




Minhas maos tocam
seus do-ré-mis
como se fosse uma pianista
das mais famosas
conheco cada tecla
alto solfejo, baixo tom
cada sonho!


no seu silencio: intuo!
no seu riso: alegro-me!
na sua tristeza: entristeço-me!


Minhas maos percorrem
todo seu teclado
e deitado ao meu lado
seu corpo regojiza
seu rosto se contorce
voce dirige minhas maos
com seu desejo


no seu gemido: me encontro!
no seu espasmo: me uno!
no seu abandono: eu sonho!


Em sua boca, bebo seu amor
gota por gota
introduzindo a lingua afoita
nossos corpos tremem
nossas peles se molham
os pelos se eriçam
sentimentos desfolham...


no seu silencio: eu grito!
no seu gesto: eu me entrego
no meu silencio: eu me assisto!


Mary Fioratti



8 comentários:

Zé Carlos disse...

Oi querida, lindo poema e linda produção de fotos...
Hoje está inspirada e é muito bom...
Bom Domingo, beijão do Zé

Menina do Rio disse...

Não vou justificar minha ausência, mesmo pq não caberia.
Adoraria ter estado por aqui, mesmo pq meu blog fez dois anos e eu nem estava aqui pra comemorar.
Quero apenas deixar meu pedido de desculpas, agradecer pelas visitas, pelo carinho, por tantos comentários e pela preocupação.
Mesmo que eu quisesse e me desdobrasse, não daria para fazer isso individualmente e terá que ser aos poucos.
Hoje quero apenas deixar um beijo e dizer que vou lendo-vos na medida do possivel.
Mil desculpas.
Estou de volta!
Um beijo imenso!

Patricia disse...

tens um premio por reclamar no meu blog.

bjs

ALF disse...

Nossa, que coisa linda Mary. Que poema tão cheio de vida e de amor. Nessa sensualidade tão intensa, se fez luz.
Um intenso afã de desejo e querer.

Lindo Mary.

Beijos minha querida.
;)

Luciana disse...

Lindo poema.
Parabéns
Ah!Achei teu Blog após comentário ao mocinoh aí de cima.Sábias palavras.

BANDEIRAS disse...

Oi Mary querida,
Amei as fotos e a poesia, é linda essa tua inspiração. Escreves com a alma e o coração.
Lindo !
Bjs

bruno mateo disse...

Ui... a sensualidade à flor da pele!
Beijos.

Paradoxos disse...

exemplar como toda a poesia que lanças neste cantinho de ti!!


- imagética e sóbria poesia onde as palavras são como gestos que nos tocam!!

"no seu silencio: eu grito!
no seu gesto: eu me entrego
no meu silencio: eu me assisto"

-liiindooo!!!




teu beijão!!