14 abril 2009





PASSAM AS NUVENS DO TEMPO




Passam as nuvens do tempo
diante de mim
colorem o ceu azul
de um cinza pálido
desenham no espaço figuras
que um dia
meus olhos crianças
interpretaram desenhos
tao simples




olhos infantis e ternos
que viam pássaros com asas
o rosto de Deus
olhos límpidos, verdadeiros
de um coração pequeno
mas tão inteiro!
iris que passeavam no infinito
sem ter pressa de ir
ou de voltar...





Passam as nuvens do tempo
meu corpo doi
espanto de meus ombros
o fardo da vida
meus braços frageis
alcancam uma caneta
procuram um papel
e em circulos
desenho palavras


subo no mais alto
dos meus sonhos
e as palavras se fazem vida
pulsam no papel
sangram
e meus sonhos continuam
a serem escritos
e pulsa e goteja










meu coração


Passam as nuvens do tempo
o circulo do sol brilha
alaranjado, forte, potente
meus olhos agora adultos
fixam-se no ceu
e com minha alma desenho sonhos
pinto imagens meio borradas
sorrio da ingenuidade
dessas lagrimas derramadas









Mary Fioratti

26 comentários:

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDA MARY, ADOREI O TEU POEMA E FOTOS... SUBLIMES AMIGA... ABRAÇOS DE CARINHO,
FERNANDINHA

Adolfo Payés disse...

Precioso tus versos..
un abrazo..
saludos fraternos
besos

M. Nilza disse...

Puxa...!! Que lindo Mary!

A cronologia é perfeita e harmônica, embora a lágrima aconteça ao final, mas estamos acostumadas a elas em nossos versos né?

Beijos

Maria Emília disse...

Poema e fotos uma beleza.
Eu parava no olhar de criança e ficava por aí a olhar as nuvens que passam no tempo e a criança que permanece dentro de nós.
Um grande abraço,
Maria Emília

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Mary! Como sempre, criando maravilhas.

...subo no mais alto dos meus sonhos e as palavras se fazem vida.
pulsam no papel, sangram, e meus sonhos continuam a serem escritos e pulsa e goteja meu coração...

Lindo. Meus parabéns!

Abraços,

Furtado.

M. Nilza disse...

Obrigada, vc é muito gentil isso sim..rsss

beijos

Retalhos de Amor disse...

"palavras se fazem vida
pulsam no papel"

Em cada verso teu
A emoção sobeja
Pulsa teu coração
Passeia a alma tua,
Mary Ternura!!!

Me fiz ao passado
em teu Poema...
Revi meu céu criança
Onde no colo do sonho
Esculpia imagens nas nuvens!!!

Obrigada, Amiga Amada...
Pela divinal leitura!!!

Beijo pra ti...
No coração, viu!!!
Iza

CrisBoro disse...

Sempre que venho te visitar, sou presenteada com essas maravilhas que voce escreve. Simplesmente A-DO-ROOOOOOO seus escritos. Tem alma.
Maravilhoso seu poema, tudo aqui está perfeito, o poema, fotos, a música.
Beijão lindona e boa noite.

Sonia Schmorantz disse...

Para ser feliz sempre, é preciso nunca perder os olhos de criança, e se encantar todos os dias com as mesmas coisas...
beijos

Amaral disse...

Viajei seguro na tua pequena viagem...
Diante das nuvens que não assustam, deslumbrado com os pássaros, os olhos infantis que construím desenhos e sonhavam com o infinito.
Olhando o tempo, sentimos que passamos por ele e ele sorri da nossa preocupação.
Em cada palavra há um sonho feito em verso...
Um sonho que goteja de alegria, porque é adulto um coração que sabe sentir...

Zé Carlos disse...

Oi garota, concordo plenamente com a Sônia quando diz: "Para ser feliz sempre, é preciso nunca perder os olhos de criança" e é por isso que sempre te chamei de menina... esta nossa criança querida que também por isso será sempre muito feliz!!!
Beijão do Zé

Miguel Eduardo Gonçalves disse...

Olá Mary, vim dar aqui dentro do teu recanto, e não foi surpresa ter encontrado esse bem estar a que desde sempre me acostumei, quando em pensamento sinto-me próximo de ti. Não para menos, poetisa, quando esmero enfeita a tua caprichada casa, a ponto de se juntarem realidade e desejo, para em linha una irem passear no sorriso dos destinados que se unem. Eis o que transmite a mim o calor que se desprende do conjunto que veste o blog, como as fotos, os poemas, a tua graça poética que a todos encanta!
Parabéns deixo com um abraço enorme, Miguel-

Sonia Pallone disse...

Querida Mary, vc é um encanto de pessoa, vim agradecer o carinho que vc deixou esparramado lá no Solidão e aproveitei pra te sentir um pouquinho através das palavras que vc escreve e que sempre tocam meu coração. Parabéns pela sensibilidade perfumada com essência de flores... Bjs.

Efigênia Coutinho disse...

PASSAM AS NUVENS DO TEMPO
Mary Fioratti, que momento lindo este que sinto ao ler seus versos, e ainda com imagens tão significativas, como você poetisa foi iluminada , certamente tinha a sua volta os sons de anjos e arcanjos, adorei,
com admiração,
Efigênia Coutinho

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Mary,

Sua presença no nosso blog enche o dia de luz. Sinto em cada comentário que deixa, a necessidade de dizer que nos entende, que nos sente, que nos quer felizes. Essa sua ingenuidade da lágrima derramada é que faz do seu texto essa coisa mais linda.

Maravilhosa semana.

=]

Rebeca

-

elvira carvalho disse...

Que lindo este poema que é um quadro de vida.
Um abraço

A.S. disse...

Será que os sonhos viajam nas nuvens?
Repara bem... olha os seus contornos, estás a criar um sonho como nos tempos de menina.
Mas agora o sonho parece mais distante, vai fugindo... enquanto teus olhos molhados acompanham o dissipar das nuvens...


Beijos!

ParadoXos disse...

poema teu, com uma atmosfera interior rica em elegância poética. tens uma poeticidade cuja beleza me eleva e contagia, és rara no que és, Mary esti-amada, como não poderias me inspirar?
como?


- um dia ainda vem um texto a quatro mãos
:-)

poderoso como:

"A MONTANHA RUSSA DO
CORAÇÃO"


:-)

ParadoXos disse...

este amor de amizade que nos é!!

beijão imenso nele, amiga.

Voodoo disse...

Querida amiga,

Uma poesia sempre, a colorir o
blog e a vida da gente.
Bjs

Princesa disse...

bonito seu poema
parabéns
bom fim de semana
bjs

Veronica de Nazareth-Noic@ disse...

Mary, AmigAmada...

tão bom poder estar de volta, contigo, com vocês! Será que fiz falta...rsrs? Pois se fiz, voltei...aqui estou, novamente voejando e sugando o néctar dos teus sempre doces e lindos versos, como nesse "passeio" completo e profundo da própria vida.
Com carinho e beijos, minha amada.
Veronica-Noic@

laranjinha disse...

Olá.
Adorei seu blogue.
Ameaço voltar, rrss
Tenha um excelente fim-de-semana.

Jorge Vieira Cardoso disse...

SÃO AS PALAVRAS QUE NOS CUIDAM, DEIXEM QUE ELAS SE ENTRETENHAM NOS OLHOS DE UM UNIVERSO SEM AUTOR…


BEIJO TERNO...

BANDEIRAS disse...

Amiga,

Eu conmpletaria : grande homem é aquele que jamais perdeu o coração de criança.

Bom domingo prá ti e muitos bjs

Bah disse...

Adorei suas poesias, seu blog está lindo!
Parabéns!
Beijos!