03 fevereiro 2010



A COMIDA, O EMOCIONAL E O

EXERCÍCIO FÍSICO


A primeira vez que tive problema de peso foi em minha adolescencia. Lembro que estava na fase dos meus 17 anos e pesava mais do que o normal para minha idade. Aquilo logico, me incomodava, principalmente quando eu ia na piscina e tinha que colocar meu maio inteiro, enquanto minhas amigas esqueleticas colocavam duas pecas (naquele tempo nao era fio dental...nem biquini minusculo, mas apenas duas pecas).

Quando tinha 18 anos minha mae me levou em um medico em Sao Paulo, e ele me deu uma folha com tudo que eu podia comer e outra do que eu nao podia! Regime!
Com esse controle na alimentacao, remedio, e tudo mais, eu perdi uns 12 kg. e lembro ate hoje como me senti quando pela primeira vez vesti um duas pecas para ir na piscina. Uma sensacao de vencedora.

Essa sensacao que senti nunca eu esqueci, e ela tem me perseguido desde esse tempo ate hoje. Nao me permiti nunca mais engordar, para nao me sentir como me sentia.

Descobri no entanto com o tempo que o emocional dirige esse "engorda-emagrece".

Para mim o emocional esta estritamente ligado a comida. E comeca da fase em que eu era crianca. Meu pai era um homem muito bom, mas nao sabia demonstrar seu carinho. E o modo que ele demonstrava, era muito, atraves de comida.
Enchia a geladeira com tudo que gostavamos. Ouviamos seu assobio no portao, e quando olhavamos pela janela, la vinha meu pai com a mao cheia de sacos do supermercado.
E muitas vezes (nao sei quantas) eu comi coisas por comer, para agrada-lo, e isso se tornou um vicio.
Ou quando nervosa com alguma coisa, sentava na frente de uma lata de bolachas, sem contar quantas comia.

Sempre fui curiosa em saber por que esse impulso de comer quando estressada. E principalmente o comer "escondido", aquele chocolate delicioso...

Quando vim para os EUA em 1990, eu que sempre trabalhei, fiquei sem poder trabalhar, tomando conta de minha filha com 1 ano, meu marido apenas com Green Card, ou seja, ele podia trabalhar, mas eu nao.
Ficava muito em casa, e com a mudanca de vida, com a neve, com tantas impossibilidades acabei engordando um pouco.

Aqui nos EUA a coisa mais facil é engordar. O atrativo da comida é algo inexplicavel, mas quando olhamos os americanos na rua, passamos a entender que eles se movem por "junk food".. (lanches como McDonalds, Burger King, etc...). Vejo no entanto, que a nova geracao ja se mostra um pouco diferente, mais ligada a esportes, exercicios, etc...
Olhava essa movimentacao toda em volta do junk food... e pensava: "Nao quero ser parte desse grupo".
As batatinhas fritas, os hamburguers, tudo isso e de uma atracao irresistivel para o americano.

Quando mudamos para Cincinnati, eu pude tirar meu green card, e trabalhar. Comecei entao a me movimentar mais, e a me preocupar com a alimentacao.

A primeira coisa que fui foi fazer parte dos "Vigilantes do Peso" (Weight Watchers). Acho que foi uma das melhores coisas que fiz aqui nos EUA.
Encontrei um lugar onde aprendi a controlar minha comida, minha ansiedade. Nas reunioes eu via pessoas enormes, com problemas de peso e problemas emocionais que aos poucos iam se livrando do peso, aprendendo a comer, e principalmente trocando ideias sobre comida, ansiedade, do cotidiano.
Ate hoje vou nas reunioes, que adoro, pois sempre aprendo receitas novas, dou muita risada, participo muito, nosso grupo se tornou muito unido.

A dieta dos Vigilantes se diferencia das demais porque nela pode-se comer tudo. Nao ha nada proibido. Funciona atraves de pontos.
Baseado no seu peso, idade, altura, e atividade, voce tem os pontos que pode gastar em comida.

E com o tempo e interessante como voce consegue administrar esses pontos com sua comida. Percebe que frutas, legumes, e comidas saudaveis tem pouquissimo pontos. E passa a comer mais esse tipo de comida. Mas sem desistir do seu chocolate, seu doce,
sua comida preferida.
Voce tem o seu guia de pontos, que baseia-se em "Calorias", "Fibra", e "Gordura".
Entao atraves dessa tabelinha, qualquer produto que voce compra, pode calcular quantos pontos, prestando atencao nas etiquetas dos produtos.
Aprendemos a comer mais saudavel.

A agua e um fator importantissimo tambem.

Aprendi tantas coisas boas nesse lugar, e principalmente perceber o quanto o emocional pode influir na mente e no corpo.

Aprendi que cada dia podemos fazer nossa escolha de uma alimentacao saudavel. Ouvi algo muito interessante de uma das participantes do Vigilantes do Peso: "Vejo esse processo como andar de bicicleta em uma montanha. Ver cada movimento da roda, e cada pedacinho do chao na minha frente, mas nao olhar para o pico".

Nao viver em funcao de pesar e pensar: "emagreci", "ah engordei"...

Para mim hoje e facil escolher o que vou comer. Sem deixar de comer meu chocolatinho diario...(meu vicio!).

Controlar o que como me faz sentir um poder sobre mim mesma.

Dicas:



Coma tres frutas por dia. Escolha aquela fruta que voce gosta. A fibra, vitamina, tudo isso e excelente para o organismo!



Coma quatro porcoes de legumes por dia. Voce pode encontrar receitas maravilhosas no internet. Ha um site chamado

  • TUDO GOSTOSO


  • onde voce pode criar um livro virtual com suas proprias receitas.



    Tome no minimo 4 copos de agua por dia. Hidrata a pele, ajuda no funcionamento do intestino, diminui a acidez do estomago, limpa seu organismo.



    Escolha o pao com bastante fibra, menos caloria e mais nutritivo, com graos de preferencia.

    E nao esquecer, é claro, da proteina: peixe, carne magra, frango. Produtos de soja, se gostar.

    E para finalizar...entender que o exercicio fisico e extremamente importante, nao so para manter o peso, como para o organismo. Procure algo que gosta de fazer, como danca, jazz, ou qualquer exercicio divertido. E se nao gostar de nenhum, adote o costume de andar.

    E se puder, compre um pedometro para marcar quantos passos voce da por dia. Facil de colocar na cintura, confortavel, nem incomoda.



    De acordo com estudos feitos nos Estados Unidos, pessoas que andam 6.000 passos por dia, reduzem os riscos de muitas doencas. De 8.000 a 10.000 passos por dia, perde peso.

    E se voces pensam que é muito se enganam. Descobri com meu pedometro que desde que levanto da cama, vou para o trabalho, volto, almoco, volto novamente, entre uma ida ao supermercado, ou correio, ando por dia, sem exercicio fisico, ando 3km.

    O pedometro tambem incentiva voce sempre ficar se movimentando e não tao sentado.

    Faco exercicios 5 vezes por semana. E descanso dois dias. Faco jazz, e tambem ando na esteira. Procuro andar 10.000 passos todos os dias. E acreditem: nao é dificil!
    O exercicio, alem de fazer bem para o seu organismo, faz um bem tremendo para o emocional. Diminui o stress, e deixa voce com aquela sensacao de "missao cumprida".

    Tentem! E procurem investir em sua saude.


    Mary Fioratti

    Perdoem a falta de acentos em algumas palavras.




    7 comentários:

    EDUARDO POISL disse...

    "... E de novo acredito que nada do que é
    importante se perde verdadeiramente
    Apenas nos iludimos, julgando ser donos das coisas,
    dos instantes e dos outros.
    Comigo caminham todos os mortos que amei,
    todos os amigos que se afastaram,
    todos os dias felizes que se apagaram.
    Não perdi nada, apenas a ilusão de que tudo podia ser meu para sempre."

    Miguel Sousa Tavares

    Desejo um lindo final de semana.
    Abraços com carinho.

    Alexandre Fernandes disse...

    Quando o que te faz bem te incentiva é perfeito mesmo Mary. Quando a pessoa busca essa situação saudável de forma espontânea é sempre recompensador.

    Eu mesmo sou magrinho. Meu caso é ao contrário (risos), mas foi interessante saber isso.

    Beijão Mary.
    Te adoro

    ps: e estou morrendo de saudades =/

    samnio disse...

    Gostei do seu texto e acho que aprendi umas coisas.

    http://palavrassemjeito.blogspot.com

    Wilma disse...

    Mary que máximo!!! fazer exercícios/jazz/caminhada cinco vezes por semana!!! Tudo que preciso e já fiz isso ha muito tempo atrás, hoje NADA me estimula fazer academia, exercícios, Aff!!! Só gosto de caminhar, mas no verão não consigo daí que ganho peso, não vejo a hora de ver o fim desta estação. Aprendi a comer com V.Peso mas abuso dos sorvetes, doces, é o meu problema, gosto muiiiiito!!! Lindo post, como sempre.

    BANDEIRAS disse...

    QUERIDA AMIGA MARY :

    Para alguns, esse é um momento de muita euforia e encanto. Muita agitação e não fazer nada, só pensar em se divertir até a quarta feira chegar.
    Para outros, é um momento propício para um bom descanso e relaxamento. Esquecer um pouco do trabalho e dos afazeres e não pensar em nada, só em curtir um lugarzinho solitário, acolhedor e tranquilo.
    À todos então, um bom e feliz Carnaval, seja caindo na folia ou descansando em algum lugar do planeta.
    Eu pretendo me recolher um pouco, sair da cidade e ir para um paraíso que tenho lá numa prainha distante...
    Vou ver o dia nascer e sentir um pouco de sol na pele. Vou cuidar de minhas roseiras e qdo estiver cansada, deitarei numa rede e repousarei sem hora prá acordar. E depois, tomarei um banho de mar e sentirei o cheiro delicioso que é a água salgada.
    E retornarei quem sabe, revigorada e com inspiração para novos posts.

    Bjs e até a volta !

    [Farelos e Sílabas] disse...

    ===

    Fazendo uma visitinha...

    Como é bom a gente dar sentido às coisas, [re]aprender com as experiências, dar valor, amar-se.

    Lendo o post, falando sobre os cuidados com o peso, a alimentação, os Weight Watchers, acabei mergulhando pra dentro dessas reflexões...

    Eis um blog com alma, e não apenas com informações! Parabéns!

    ===

    O poeta disse...

    ola,
    adorei seu blog, é uma fonte de calma, que pode me ajudar nos meus momentos dificeis, pois a depressão ataca-me muitas as vezes...
    Gostaria tb que visitasse meu site www.viverparaescrever.pt.vu que é no fundo o retrato descrito através da poesia.