10 agosto 2010


Image Titled "Forever a Mystery by Steve Hanks"


ENIGMA DA ALMA


a vida sussurrou-me o enigma
entrelaçado de sentimentos
em meus ouvidos
língua estrangeira
completamente indecifrável
as mãos estenderam-se
em um gesto solitário
a procura de calor e conforto
negando-se a aceitar
palavras incompreensíveis
soadas pelo fundo da própria alma
não sei o segredo
da minha existência
se juntasse os gens...os rostos...
se misturasse as alegrias
e os desgostos
nem Picasso com seu pincel magico
e sua sensibilidade aguçada
pintaria esse enigma
não existiria nem mesmo uma sinfonia
que Mozart pudesse compor
numa noite mais inspirada
e se a musica tocasse
não emitiria uma nota que soasse
desvendando esse mistério...
O que hoje tento decifrar
em linguagem figurada
é apenas o fragmento
de uma solidão interior
e mais nada...

®Mary Fioratti



ENIGMA DEL ALMA



la vida murmuró
el enigma entrelazado de sentimientos
en mi orejas
lengua extranjera
realización indescifrable
las manos se me ampliaron
en um gesto solitario
la busqueda del calor y comodidad
al negarse aceptará
palabras incomprensibles
resonadas por el fondo del propio alma
no sabe el secreto
de mi existencia
se unía a gente...
las caras...
si mezclaba las alegrías y las penas
ni Picasso con su cepillo mágico
y su sensibilidad afilada
pintarían este enigma
existirían ni incluso una sinfonía
que Mozart podía componer
en una noche más inspirada
y si el musica afectaba
no emitiría una nota que resonaba
en que destapaba este misterio...
lo que hoy intento descifrar
en lengua figurada
este solamente divido
más de una soledad interior y nada...

Mary Fioratti

(Traduzida por Alexis Coald)

9 comentários:

Sonia Pallone disse...

Querida Mary , enquanto estive ausente, sua alma recitou no meu espaço, e eu abriguei com amor o invisível perfumado das suas palavras... Venho agora te agradecer e deixar meu beijo carinhoso. Retorno à minha poesia, e te convido para continuar caminhando comigo...Valeu linda.

Anita disse...

Sentimentos do nosso coração!

Um beijinho para ti com saudades, querida e um feliz Domingo*

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Mary,

Que coisa mais linda, aff! Suas palavras tem encaixe, não erra o caminho, perfeito. Você é uma mulher que tem a paisagem estampada nos seus atos, tudo que sai de ti tem a natureza dos felizes. Amo. Essa sua vibe é derramada com alegria, não tem como não se contagiar.

Pense que ri da parte da briga de favela...ahahahahaha. É bem por aí mesmo, mas o que sentimos é nobre e real.

Beijo de quem te admira pra caramba, menina linda do meu coração.

Rebeca

-

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Mary,

Realmente é coisa de alma, essência verdadeira, almas gêmeas, vidas que se cruzaram, coisa divina. Fico tão feliz quando leio seus comentários, sei que já falei, mas vou repetir, tá? Parece que estamos papeando na sua casa ou na minha, confidenciando momentos nossos e felizes por tantas afinidades. Bom demais sentir um carinho gigante por alguém, por uma pessoa que rima amizade com verdade. Dá pra sentir o aconchego das suas palavras, o cheiro da admiração e o desenhar da alegria em cada exclamação!!!!

Esses dias fiquei apreensiva, Mary linda. Jota Cê estava esperando uma biópsia de tireóide e, graças a Deus, deu benigno. Fiquei com medo, pois meu irmão do meio apareceu com esse problema. Faz 3 anos que fez a cirurgia e deu tudo certo. Certos sustos na vida apenas mostram que não somos nada sem fé.

Ah, vou pegar o post que ensina como deixar recado naquele sistema:

http://www.nectardaflor.com.br/2010/05/echo-seus-problemas-acabaram.html

Beijo imenso, menina linda do meu coração.

Rebeca

-

Zé Carlos disse...

Um enorme beijo cheio de saudades.

Vc é uma poeta maravilhosa....

Bjs do ZC

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Mary,

Ainda bem que aprendeu a deixar o comentário no Echo, fiquei preocupada, porque a mudança foi justamente pra facilitar a nossa vida na hora da resposta.

E você falou tudo, realmente quando os dias ficam mais longes a briga troa que é uma beleza...ahahaha. Ainda bem que o amor é amor mesmo e aguenta o tranco, não é fácil viver tão longe, ainda bem que existe ponte aérea pelo mundo, não vejo a hora de ser mais feliz.

Quando olho para foto do Roque e para sua, sabe o que vejo? Vejo uma cumplicidade que não se perde, além de sentir que o sol que brilha nessa essência de vocês é intenso e eterno. Magias que se encaixam, almas febris e uma clareza na emoção sem tamanho.

Adoro e adoro você, menina linda do meu coração.

Beijo bem grandão.

Rebeca

-

☆Fanny☆ disse...

Que lindo poema cheio de melodia!!!

Ler-te é escutar a beleza da tua alma!

Um beijinho*

Fanny

ParadoXos disse...

há palavras que nos fazem falta...

onde andão as tuas?

mais um beijo!

fique com Deus!

ParadoXos disse...

vim dar outra visita de mim pelas tuas palavras...