02 maio 2009




UMA TARDE DE DOMINGO


PRIMAVERA

Quando a primavera chega parece que eu mudo por dentro. Tudo passa a ser mais bonito, até acordar de manhã ouvindo os passarinhos da janela do meu quarto.

Não é preciso dormir com tantas cobertas, dormimos com a janela aberta ouvindo o som da fonte no lago, e é uma delicia.

Recomeço minhas caminhadas, e adoro tirar fotos das flores. Creio que muitas pessoas não entendem quando me vêem tirando foto de flores. Todo ano eu faço isso. Adoro ve-las e eterniza-las em fotografia, para que mesmo no inverno eu possa olha-las.
Ontem fui num lugar aqui chamado Pinpkins, fui andando ate lá. Eles vendem flores, vasos, terra, enfim, tudo para que as pessoas possam começar o seu jardim.
Fiquei maravilhada com tanta flor linda. Tanta folhagem, tanto verde!
Ficar sem ver isso tudo por sete meses, e depois esse presente de poder apreciar todas essas cores, é um sentimento inexplicável.

O que é que o faz feliz?

SAUDADE

Engraçado perceber como as pessoas são diferentes uma das outras em relação ao que sentem. Conversando com minha filha essa semana quando fui visita-la sozinha, perguntei a ela se ela sentia saudades do namorado (eles terminaram em Janeiro). Ela disse: “Mãe, isso e passado”... E eu: “Você não gosta mais dele?” E ela: “Não, mãe, e passado”...
Fiquei lembrando no meu tempo, quando namorava, quanto a gente custava para esquecer alguém que a gente gostava. Meses...as vezes ano...
Ontem conversando com meu marido, estávamos falando sobre coisas que foram na vida, que fizeram parte como antigos empregos, pessoas, etc... Ele disse: “a gente não pode ficar vivendo de passado. Quando eu saio de um lugar, eu apago...vem uma nova fase, assim e a nossa vida.”
Eu não sou assim. Meu nome e Saudade... Tenho tanta saudade de tantas coisas em minha vida. Saudades profundas. Não são aquelas saudades superficiais. São “sentidas” mesmo, com o fundinho do meu coração
Sou tão exagerada na minha saudade, que muitas vezes estou vivendo um momento tão especial, que antes dele acabar, já estou com saudades dele... (da para acreditar?).
Tenho uma enorme sede de vida.

E facil para voce esquecer? ou... como voce lida com a saudade?

AROMA

Como gosto do aroma do café da manha...E algo que me lembra tantas coisas. Lembra a casa dos meus pais, quando a todo momento era feito um cafezinho e colocado na garrafa térmica Na minha casa sempre tinha um café sobre a mesa, fosse a hora que fosse...
Quando acordo de manha e faço café, eu saboreio o aroma antes de toma-lo. Fico na cozinha a sentir o cheiro invadir todos os cantinhos. O café para mim tem um significado de que o dia começa, e que muitas coisas começam com ele. O café para mim e um símbolo de inicio. Algo que tomo vagarosamente sentindo cada gole...

Qual um aroma que você gosta? Diga-me o que lembra.

MEDO

Repararam como o medo e a causa de muitas coisas irem para trás na humanidade? Quanto medo e propagado, e pela imprensa aumentado. Procuro sempre viver no mundo da “Alice”, ou seja, no mundo dos sonhos.
Por exemplo: leio sobre a recessão, preocupo-me com ela, tomo medidas, mas não entro em pânico Como a gripe suína: ela matou muitos no México, infelizmente, uma coisa muito triste. Mas começa a gerar um pânico entre as pessoas de uma forma contagiante.
As energias começam a passar de uma pessoa para a outra, de uma forma muito negativa. O medo da aproximação, o pavor de um espirro.
Medo que a agua acabe. Medo que não exista mais luz. Medo de que a vegetação morra, o sol não venha, e assim vai...
Há tantas coisas que as pessoas tem medo: andar de avião, dentista, operação, hospital, e com a idade aprendemos a vencer esses medos e entender que nada adianta te-los. E como a tal historia da formiguinha: ela estava num tronco descendo o rio, pensando que estava controlando o tronco.
Temos que pensar que ha um controle maior que nos leva, Deus, e que de nada adianta o medo exagerado de tudo que acontece.

Li isso uma vez, anotei em meu caderno, mas nao sei de onde tirei.

Situações reais de perigo exigem discernimento, mas o medo irracional, sem causa real, deve ser enfrentado. É preciso lembrar que nosso inconsciente não diferencia fantasia de realidade. Se ficar pensando em todas as vezes que não conseguiu, ou ainda, que não vai dar certo mesmo, que nem adianta começar, baseando-se nas experiências anteriores negativas, sua mente irá reagir de acordo com esse pensamento, pois o medo nasce da associação que nossa mente estabelece com experiências ameaçadoras que ocorreram, sem discernir que não irão ocorrer mais. Sua mente não sabe distinguir o que é passado e presente. Realidade e fantasia. E se esse seu pensamento continua presente, sua mente irá acreditar nisso como real.

Quando estou preocupada com algo, eu faço poesia. Entrego-me a emoção
E assim devemos fazer quando algo nos preocupa e o medo se aproxima. Levar o pensamento para outro lugar.

Como voce faz isso? como espanta seus medos?

VAMOS SER FELIZES?

Essa é a minha proposta. Viver como se todos os dias fossem Primavera. Olhar para todas as coisas bonitas e especiais que se apresentam diante de nossos olhos.

Como essas:












Deter nossos olhos em belezas que possam apaziguar nossos medos, e dissolver nossas preocupacoes.

Afinal de contas, é tao bom brincar de ser feliz.

As perguntas desse texto que estao em negrito é para voce meu leitor, responder. Nada obrigatorio. Totalmente a vontade


Mary Fioratti

PS: Gente, deem uma olhadinha nesse cartao de Campos de Jordao, no alto da minha pagina, "QUEIJO, VINHO E INVERNO". Quem vai para Campos do Jordao, é muito vantajoso, tem muito desconto em Lojas, Hoteis, etc... E assino em baixo, pois é da empresa do meu irmao. Ja está sendo um sucesso!

34 comentários:

Maria Emília disse...

Vamos brincar ao faz de conta e ser felizes. Não há nenhuma criança que não seja feliz quando brinca ao faz de conta. Vamos ser felizes subindo ao arco-iris da cor das flores e de lá espantar o medo com o medo do medo, deixar que o aroma a terra molhada nos penetre na alma e fazer da saudade um hino à alegria.
Um beijinho,
Maria Emília

Zé Carlos disse...

Pois é menina, como disse a Maria Emilia, vamos brincar de ser felizes... e quanto a
à saudade, afinal somos os dois saudosistas, vou deixar uma estrofe da Melliss que diz assim:

"saudade vou levar no meu olhar
saudade vou deixar no coração, contigo ...
mas o que fica comigo é o querer bem
e ele sempre me diz :
que quem provou da saudade,
teve amor e foi feliz ..."

Uma linda Primavera, um beijo com carinho, ZC

Carmem disse...

Lindo de ler e de ver!... Cada flor e cada cor com sua infinita beleza!

Beijo e ótima semana pra ti.

Ester disse...

Que lindo jardim vc plantou aqui, amiga!

Obrigada por ter visitado meu blog En-Cantos, um blog em que prestigio blogs amigos,

conheça o meu blog oficial, Esterança:

http://esteranca.blogspot.com


Identifico-me com vc em relação a saudade, sinto-a intensa e profundamente,
sinto saudade até das coisas que não vivi, lugares onde não passei, e pessoas que não conheci...rs


bjs,

Sonia Schmorantz disse...

Lindo texto e imagens, nada como a primavera, nem que seja dentro do nosso coração, quando este está em festa!
beijo e boa semana

Amaral disse...

Prefiro ler-te, constatar dos teus momentos, do que responder a perguntas que pouco acrescentam a este espaço...
Pinpkins, quem és tu, tão cheio(a) de primaveras que contagiam?...
A tua enorme sede de vida propõe-te uma forma pessoal de olhar ao teu redor... O passado não morre, continua no bornal de cada um mas, para esta vida, apenas deve constituir uma baliza que encaminhará cada nova passada...
Um dia, já passado, fiz um post dedicado ao café e fizeste-me lembrá-lo. Tomar um café... saboreando o momento!...
Quando falas do medo admites e concordas que ele existe na proporção da forma como olhamos as coisas e os acontecimentos. A forma como encaramos uma situação proporciona a criação duma versão de "nós mesmos", que irá SER e SENTIR o amor e o medo - as duas formas de sentimento mais importantes no comportamento humano...
A tua forma de encarar o medo é fazer poesia. Escolheste, afinal, uma forma de SER...

Cesar Cruz disse...

Delícia de post, Mary! Gostei do fundo musical... Ficaria bom também, para acompanhar tão lúdico post, a linda "Garota de Ipanema".

bjão
Cesar

Efigênia Coutinho disse...

Mary, saudosamente hoje recebo sua belísssima postagem, onde você já vai curtindo a primavera, que momento lindo, adorei receber você neste dia, beijos,
Efigênia

BANDEIRAS disse...

Oi amiga , td bem ? andava sumida !!! senti tua falta.

Olha, temos muita coisa em comum: gostamos muito de flores, imagine vc que tenho uma casinha numa praia há 50 minutos da cidade, onde mantenho um jardim, qdo vou prá lá, meu passatempo predileto é ficar limpando os matinhos que nascem ao redor das rosas vermelhas, amarelas e brancas.
Tenho tbm muita saudade de muita coisa, de muita gente, de muitos momentos em minha vida.
Adoro caminhar ! faço caminhadas todos os dias, já que enjoei academia de ginástica. Tô procurando uma boa escola de dança, sim, tvz aprenda a dancar (rsrsr).
Eu espanto meus medos tentando ser feliz e esquece-los.

Adorei teu post,
Obrigada pela visita

Bjs e um bom inicio de semana.

PS: a tua foto está linda !

Menina do Rio disse...

Incrivel Mary! Minha filha tem o mesmo pensamento da tua e do teu marido. Pra ela, o que passou, é porta fechada, livro lido e pronto! Eu sempre soube que os homens não vivem presos a lembranças mas me surpreendi quando descobri que essa nova geração também não. Eles fecham a porta e abrem outra, enquanto eu vivo presa na nostalgia... Acho que eles estão certos, pois viver é sempre o momento presente e não passado.

Fica um beijo pra ti de boa semana

Patricia disse...

Olá :)
Aqui em Portugal celebra-se o dia da mãe no primeiro domingo do mês de Maio. No Brasil é diferente?

beijos

A.S. disse...

Mary... Que belissimos textos!

"Viver como se todos os dias fossem Primavera."

Esta é a melhor resposta para todas as questões que a vida nos coloca dia a dia!!!

Beijos...

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Mary, estou visitando seu blog pela primeira vez. Gostei muito de seus textos e ilustrações. Voltarei sempre.
Um abraço

Retalhos de Amor disse...

Mary Ternura... Estradas que andei,
crianças que brinquei, amor de tantas
cores... Saudades sempre!!!
Meio como tu, as levo comigo!!!
São parte da minha essência, ruas
da minha vida... Inesquecíveis!!!
Assim como tuas palavras... Maiores
em sentimentos, momento emocionado
cada leitura de ti!!!

Beijos muitos, Amada...
No coração!!!
Iza

liláh disse...

que lindo o texto e o seu blog (:
da uma passada la no meu,
beeijo

Valdemir Reis disse...

“Amigo é coisa pra se guardar...” Como diz o poeta. Amiga Mary aqui de volta ao seu belo espaço para agradecer de coração sua gentileza em nos honrar com a sua visita e valoroso comentário. Saiba que muito nos fortalece, sua presença é sempre agradável e especial. Obrigado mesmo.... Apareça sempre lá! Confesso que admiro bastante o seu trabalho, parabéns pelo tema publicado “Uma tarde,,,”, lindas fotos, ótimo teto, precioso e interessante, parabéns. "O valor das coisas não está no tempo em que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis". Fernando Pessoa. Encontrar-nos-emos sempre por aqui. Felicidades. Desejo uma semana repleta de realizações e de muito sucesso extensivo aos familiares, muita paz, saúde, brilhe sempre, bênçãos, proteção e alegria. Que a luz divina oriente e ilumine o nosso caminhar... Um forte e fraterno abraço.
Valdemir Reis

Valdemir Reis disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
rouxinol de Bernardim disse...

Olá minha cara Mary:

a saudade é a mais bela flor no canteiro dos sentimentos!

Adorei seu texto!

Beatriz Prestes disse...

Minha amiga que tanto amo!!!
Que publicação mais maravilhosa!!!
Como é bom estar aqui Mary.......
Como é linda a forma com que você entra em tantos corações.....
Há tanto sentir, há tanto a dizer, e quando chego aqui, sinto que saciei a alma!
Demais minha amiga!!
Beijo com muito amor
Te amo
Bea

mateo disse...

O que me faz feliz?
Aqueles momentos... muito felizes!

Como lido com a saudade?
A saudade dá para entristecer e para lembrar alegrias.
Não lido. Sou lidado!

Aroma? E o que lembra?
Terra molhada. Não lembra a nada... Só cheira!

Medo?
Não os espanto.
Tenho medo, assusto-me e fujo.
Muito medricas, claro!

Hoje entrei com gosto no teu jogo.
E gostei de partilhar contigo estes adentros.

Beijos.

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Mary! Fiquei muito feliz com a tua visita ao meu humilde Arte & Emoções. Volte sempre, será um prazer receber-te.

Teu espaço continua sempre lindo e maravilhoso e com belíssimas postagens.

Beijos,

Furtado

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Mary,

Antes de repsonder suas perguntas, quero dizer que sua energia é contagiante, é positiva, é linda e clara. Você escreve com a força do seu sentir, com a emoção da sua vontade e com a alegria que sempre vai ser melhor. Você é linda, viu?

Vamos responder:

1- O que é que o faz feliz?

Saber que dei tudo de mim no dia.

2- É facil para voce esquecer? ou... como voce lida com a saudade?

A saudade que sinto da minha mãe não é fácil, mas não deixo de viver, de ser feliz, de tentar dar continuidade aquilo que ela ensinou. Aprendi a lutar e a ter força por causa dela. Uma frase que resume a maneira que minha mãe enxergava a vida é essa: A VIDA É BELA! Saudade pra mim é MÃE!

3- Qual um aroma que você gosta? Diga-me o que lembra.

Assim como você, adoro o cheiro de café feito na hora...

4- Como voce faz isso? como espanta seus medos?

Espanto meus medos, encarando de frente. Acho que para todos, esse é o único jeito.

-----------------------------------

Mary, que sua semana seja maravilhosa e que essas rosas espalhem o cheiro dessa sua emoção por aí afora.

Beijo grande.

Rebeca

-

Flor da palavra disse...

Existem coisas e pessoas que são inesquecíveis, que lindo post!
Beijos

Wilma disse...

Oi Mary, vou responder, talvez não na ordem:
O que me faz feliz é acordar (não gosto de dormir) e na sequência olhar uma linda flor e tantas outras coisas.
Saudade, alguns momentos lembro de pessoas que se foram e até dói a saudade, mas não sou muito nostálgica não, porém não me comparo aos jovens de hoje, que tudo "já foi" e nem se lembra mais. É verdade, o meu primeiro amor levei anos para esquecer e depois descobri que amava o amor que sentia e não ele, hahahaha
O aroma, como vc falou da primavera, adoro o perfume da flor do Manacá cheiroso, quando está florido cheiro a flor e lembro de minha avó Constança que está no céu há 45 anos.
Medo, tenho muito medo de ladrão, assaltante, monstros...vi que você dorme de janela aberta, que Dádiva!!! eu nunca, nem morando aí, já sou doente crônica e desde criança sou assim, não é de hoje não, acho que vem de outras vidas esse medo, pois, nessa graças a Deus não passei por nada que justificasse. Sabe o que faço? tranco a casa toda assim que escurece e tenho uma Rottweiler dentro de casa, e uma vela acesa pro meu anjo da guarda. hahahaha

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Olha,
a palavra parada;
Luta,
por letras ocultas;
Ouça,
os versos internos
Solta,
a nudez poética;
Escreva-se,
poesia
ao menos um dia,
Seja.

(Maísa)

Desejo uma linda semana com muito amor, esperança e carinho.
Abraços.
Eduardo Poisl

Sabina Insustentável disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
elvira carvalho disse...

Eu também carrego no peito a saudade. E meu DEUS como gosto do aroma do café. A Primavera, as flores, as andorinhas, tudo é lindo. É a renovação da natureza e até parece que também nós nos sentimos renovados.
Dos medos, são tantos que enfrentamos não é verdade?
Medo de doença, medo do desemprego, medo de trovoadas de terramotos eu sei lá mais de quê. Penso que desde que não seja em demasia, que o medo é normal.
Um abraço e tudo de bom

ParadoXos disse...

pois é querida Mary, ainda tens muito que sentir, ver, fazer, emocionar, amar e amigar por aqui, portanto, ainda faltam muitos e muitos poemas que a tua vida tem pra partilhar connosco!!
Deus vai falar mais alto, como sempre!!

teu amigo, teu aprendiz sempre presente

Hedu



um beijão com asas pra ti e em ti!

:-)

Wilma disse...

Voltei para elogiar as flores, como são lindas, coloridas, vivas...adoro tudo que tenha flor. Mas percebi algo em comum, tenho uma cadeira verde como a sua e qualquer hora vou fazer uma pose, por óculos escuros e tirar uma foto, postar pra ver se fico "chique" rsrsrsrs assim como você. Chiquenourtimo!!!!

Céu Vieira disse...

Amiguinha, que fotos maravilhosas que encantam o nosso olhar! também queria saber tirar fotos assim bonitas!
Parabéns querida, pelas fotos e pelo texto.
Beijinhos

Céu Vieira disse...

AH...esqueci-me de dizer: você também é muito bonita...!
tive muito prazer em conhecê-la, vou voltar mais vezes!
beijinhos

BANDEIRAS disse...

MINHA QUERIDA AMIGA " MAMÃE "

QUE NESTE TEU DIA VC RECEBA O PRESENTE MAIS PRECIOSO, QUE É O AMOR E O CARINHO DE TUA FILHA.

FELIZ DIA DAS MÃES

BJS

Lainha disse...

Vou roubar uma imagem dessas flores se me permitir claro!!!
Lindassssss. E sua foto tá linda.
Gatonaaaa!!!


bju, Lainha :)

Prof. Israel Lima disse...

Olha, Cheguei aqui, meio desconfiado, pois ainda não te conheço. Fui ficando, lendo e gostei.
Já esteou te seguindo e voltarei mais vezes.
Parabéns pelo belíssimo trabalho.

Tenha uma excelente semana.

Um abraço.