15 fevereiro 2009


O DIA DOS NAMORADOS DE TODOS DIAS




QUERO HOJE

Quero hoje
seu primeiro olhar da manhã
espreguiçando seu corpo
e aquele abraço demorado
isento da louca paixão
um abraço sentido
gostoso e inteiro
daqueles que aquecem a alma
quando nossos corpos mornos
brindam nosso "Bom Dia"

Quero hoje
olhar suas mãos
que vagarosamente
sem pressa
cortam um pedaço de pão
sobre a nossa mesa
aquelas mesmas mãos
que guiam nossas vidas
com carinho e pureza

Quero hoje
seguir seu vulto
interiorizar seus movimentos
amá-lo de longe
sem que você perceba
e guardar esses momentos
como em um álbum
de fotografias

Quero hoje
amar você em silencio
dizer a você tanta coisa
que está aqui no meu peito
mas apenas gesticulando
meu olhar
que o atinge com paixão
e o meu abraço
que abre por completo
meu coração

Quero hoje
que sinta o meu beijo
em suave carícia dolorida
e que deite sua cabeça
no leito morno do meu colo
e deixe escorrer a água do rio
da sua vida

Mary Fioratti



Uma coisa que irrita muito meu marido é minha demora ao me aprontar. Pode ser para ir comprar pão na esquina, ou para ir fazer compras.
Mas assim eu sou. Vaidosa. Não aquela vaidosa que só pensa nisso, ou que o corpo é mais importante que o interior, que a alma. Não!
Mas acho que uma mulher tem que ser mulher!
Ou seja: o homem já é bonito do jeito natural dele: calca jeans, cabelo molhado, uma colonia, um par de tenis...
A mulher ela precisa mostrar sua feminilidade, em pequenas coisas. Um perfume gostoso, um creme no corpo, um cabelo arrumado, uma roupinha bonitinha (não precisa sair de vestido longo todos os dias - risos).

(Lembram-se dos vestidos longos nos bailes? Que saudade!).

Todos os Sábados vamos ao Supermercado juntos fazer compras. E todos os Sábados, assim como nos dias de semana, eu levanto, tomo meu banho e lavo minha cabeça e é um costume que tenho desde menina, não consigo deixar de lavar minha cabeça. Parece que um banho assim lava a alma.

Então quando desci vestida simplesmente, com minha "fuso", (meu uniforme de inverno) e coloquei um lencinho qualquer no pescoço para dar um "ar" de roupa nova, meu cabelo arrumado, tenis, perfume, meu marido perguntou: "Por que você precisa se arrumar para fazer compras?" E eu respondi para ele: "Você me pergunta isso há 30 anos!". Rimos os dois.

Ontem foi o "Valentine's Day", aqui nos EUA, "Dia dos Namorados" e também "Dia dos Amigos", ou seja, você manda um cartão também para quem quer bem.

Já recebi algumas rosinhas do meu marido nesse dia.

Depois de 30 anos de casados, o romantismo está nos pequenos gestos, que para mim são mais importantes do que flores.

O cuidado que ele tem comigo. As coisas que ele sabe que eu gosto, e faz. Tudo que ele desiste, para estar comigo. O prazer de um café da manha juntos, todos os dias. Ele levanta as 5:30, e eu só entro no serviço as 9:00. Mas levanto com ele, preparo o café, tomamos juntos, todos os dias. O romantismo está em limpar meu carro cheio de neve. E esquentá-lo para mim. Assim como esquentar meu lado da cama.

O romantismo está em me ligar para saber se cheguei bem, quando há uma tempestade de neve. Preocupar-se se saio mal agasalhada no frio. Trazer para mim um cobertor quando vem assistir TV.

Fazer uma macarronada especial no Domingo (único prato que ele sabe fazer - risos - mas e delicioso!).

O romantismo é saber que ele está ali para mim sempre, corpo e alma, interessado no que falo, dando opiniões na minha vida, mas nunca sendo invasivo. Respeitando profundamente minha individualidade.

O romantismo é vê-lo chorar porque um exame que fiz nao acusou o que eu pensava ser.

Mandando emailzinhos durante o dia perguntando : "o que temos para jantar?" "Vamos ao clube hoje?"... "Como foi o serviço hoje?"

Nao gostar tanto de poesias, mas entender minha veia poética. Incentivar-me sempre.

O romantismo é depois de 30 anos, ainda gostar de estarmos juntos, onde quer que seja.


Mary Fioratti

PS: Hoje fomos a missa, e havia a comemoracao de cinco casais, dois fizeram 25 anos de casados, e os outros tres, 60 anos de casados.
E o Padre perguntou: "Qual o segredo de tantos anos juntos?" para cada casal. As respostas foram diversas (e até engracadas), mas uma me fez pensar na veracidade dela.
O homem disse: "O amor somente nao basta"...
E pensei, que na verdade o amor é parte, é parte importante, até essencial, mas ele sozinho nao faz nada! é preciso haver sacrificio, mudanca, um pensar mais no outro, e nao em si mesmo.
Somente casada ha tanto tempo eu posso entender quão verdadeiras foram essas palavras!


13 comentários:

Menina do Rio disse...

Minha querida, é isso que sempre falo e repito: O namoro é fundamental pra manter qualquer relacionamento amoroso, não importa se está junto há um ano, ou 30. É como um jardim que precisa ser regado e cuidado todos os dias para que floresça. Parabéns por esta felicidade e que seja sempre assim em toda a tua vida. O amor é lindo, mas tal como nós, é vaidoso também e gosta de estar sempre bem apresentavel. E viva o AMOR!

Uma semana maravilhosa pra vcs

Beijinhos

TANTOS VERSOS disse...

Mary querida....

O que pode ser mais maravilhoso do que a vontade de fazer com que as coisas aconteçam?
Os detalhes na verdade, são fundamentais!!! São eles a base sólida. É o dia a dia que conta...a constância, a atenção, o cuidado!!!
Querer estar junto....está é a resposta para o grande enigma, para a grande pergunta.....Como fazer dar certo?
Maravilhoso de mais querida!!!
Você é simplesmente um show de pessoa!
Te amo
Bea

A Sentinela disse...

querida mary,

Post muito bom, que tudo continue
assim, que vocês sejam sempre mais
e mais felizes.
Vou dar uma olhada no vídeo.
abs

Amaral disse...

Bonita demonstração de afecto e carinho neste dia dos namorados que é igual aqui e por muitos outros lugares...
"Quero hoje" diz muito!
Diz e é testemunho partilhado com muito amor, porque é reflexo de cada instante particular retirado do dia-a-dia...
Quando se quer, com naturalidade, paz e entrega - as palavras soam cantadas e chegam longe, num abraço longo e fraterno...

Retalhos de Amor disse...

Nas pequenas coisas, acho eu, mora
o segredo. Detalhes, entrelinhas
que só os dois entendem, conhecem
o significado e que fazem o cotidiano
mais colorido... E o amor é fundamental
sim!!! Se ele deixa de ser, tudo
o mais perde o sabor...
Claro que sozinho não basta!!! Mas
é a pitadinha especial no tempero do
dia a dia!!!
Quero Hoje... É ternura cultivada
ao longo da convivência, ternura esta
que se sente em cada palavrinha tua,
Amada Mary!!!
Uma canção de amor vivida em sua
totalidade!!!
Beijo todo carinho pra ti, Amiga minha...
No coração!!!
Iza

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Ah! Tempo!
Nunca quis voltar em ti.
Apenas espero que me devolvas
os sentimentos que vivi.
Não deixes que meu sorriso
se perca pelo cansaço
e que minha voz
se cale por um fracasso.
Não deixes que meus caminhos
se desviem da meta
nem que os percalços
sejam maiores que minha força
para que eu siga esta reta.

Passei neste lindo espaço para te desejar uma linda semana
Abraços

Sonia Schmorantz disse...

Bela homenagem, é nos pequenos gestos que se revela um grande amor.

BANDEIRAS disse...

Amiga querida, MARY :

Como é bom vim aqui e ler essa linda história de amor de vcs dois. Pelo que te conheço, dá p/ notar que vc é feliz e muito feliz com a vida que escolheu e c/ o homem que escolheu. Vcs formam um belo par. E td que vc falou é a pura verdade; não se pode ir longe num relacionamento se todas essas coisas que vc mencionou não for levadas em consideração.
Parabéns por conseguir manter essa chama acesa até hoje. Mas como vc mesma falou; só o amor não basta, é preciso muito mais.

Um beijo aos dois.
E que essa parceria se perpetue.

Beatriz disse...

Minha querida, mais uma estrela que vens nos presentear com esta postagem tão prenhe de vida, de romantismo, de amor. Aqui no Brasil, bem sabes, comemoramos o 'dia dos namorados' em 12 de junho (está pertinho, rs), mas bem sei que casais assim como tu e teu marido, comemoram no dia-a-dia este 'casamento' onde a união se faz no romantismo conservado nas pequeninas coisas, como bem o disseste.

Na beleza do poema sente-se o amor e a sensualidade em versos tão delicados.

Que seja eterno o dia dos namorados na vida dos dois, é o que desejo de coração.

Fica uma orquídea lilás e um beijo, com meu carinho.

Lainha disse...

Lindooooooo!!!

Amar é querer. Já dizia Bernardim Ribeiro, poeta renascentista, e o que é o amor, se não vontade? E quando queremos muito alguém, queremos tudo com ela, dividir, somar e etc. E é por isso que casamos, que temos filhos, que sonhamos os mesmos sonhos, que vivemos uma história ,para poder contar com alguém para a vida, alguém que, de certo modo, nos pertence. Porque nós também precisamos sentir que pertencemos a alguém, também precisamos de nos entregar quando amamos.
Esta é a génese do amor: dar e dar-se, entregar e entregar-se. É querer e querer e querer e querer, todos os dias a todas as horas aquela pessoa. Querê-la por perto e querer que ela seja feliz.
Ahhh esse amor!!!

Bju querida!!!

ellen disse...

Concordo consigo Mary! é preciso saber alimentar uma relação para ela se manter viva todo o sempre!
Felicidades... e continue sempre a pensar assim :)

Beijinho

mateo disse...

Deixa-me sugerir-te um presente para um dia de namorados. Pode ser num sábado... de manhã. Qualquer...
Aí vai...
Espera pelo teu maridão junto à porta de saída para irem às compras ao supermercado... Mas linda como nos restantes dias em que ele tem que esperar por ti.
Depois... depois... conta a reacção.
Bj.

ParadoXos disse...

és um livro pra mim amiga Mary!!
sinceramente!!
sinceramente amiga.

é mais do que lindo ou belo - É VIDA REAL!!