01 dezembro 2006




PENSAMENTOS





Meu Blog se caracteriza pela poesia e cotidiano. Ultimamente estou mais para cotidiano do que para poesia.
Arrumei minha casa para o Natal. E este ano teve um significado diferente, pois é o ultimo ano da minha filha em casa, antes de entrar na Faculdade.
Entao, o ritual como em todos os anos, foi esse. Comecamos a montar nossa arvore, montando-a primeiro pelos galhos (o cabinho de uma cor certa em cada altura - ela enxerga melhor do que eu). Depois os enfeites.
E senti que este ano os enfeites para ela tiveram uma conotacao diferente. Cada um que ela pegava, dizia: "Ahhhhh mae, lembra desse? Eu fiz na escolinha". "Ahhhhh mae, e esse, voce lembra?"
Fizemos nossa arvore no meio de um ritual de lembrancas. Depois colocamos as luzinhas, a estrela em cima, e o Menino Jesus em baixo da arvore.
Depois olhamos orgulhosas para o nosso trabalho.
Gosto desse "cheiro" de Natal, quando ele invade as ruas, os Shoppings, e tudo parece ter um colorido diferente.
Hoje depois do jantar minha filha estava trabalhando, meu marido e eu fomos ao Shopping andar. E vimos o Papai Noel e aquela fila de criancas para tirar fotografias.
E lembramos uma vez, quando moravamos em Detroit, a Patti minha filha tinha 3 anos. Ficamos na fila mais de uma hora. E quando chegou a vez dela, ela olhou para o Papai Noel e comecou a chorar e gritar. Fizemos de tudo, mas ela ficou "aterrorizada". risos. E acabamos voltando para casa.
Tempo bom em que a pegavamos pela mao e levavamos para casa. Hoje ela sai, da partida em seu carro e some.

Beijos para voces. Hoje nao estou muito inspirada para nada a nao ser dormir.
Amanha teremos neve! Quem sabe tiro umas fotos para postar?

E deixo para voces um pensamento:


"A neve e a tempestade destroem as flores, mas nada podem contra a semente."
(Khalil Gibran)


Mary Fioratti

7 comentários:

Saramar disse...

Querida, bom dia.
Eu também adoro a época da natal, tão alegre e colorida.
Espero que sua filha seja muito feliz na universidade e que volte sempre para matar as saudades da mamãe-coruja.

beijos

AS disse...

Vim deixar-te um beijo e um fim de semana lindo e feliz querida Mary...

david santos disse...

Mary, olá!
Bom texto, adorei. Parabéns.
blog "SÓ VERDADES"

Até sempre.

DE PROPOSITO disse...

A árvore de Natal, algo que está relacionado com a tradição judaico-cristã. Creio que não me estou a enganar. E acredito que foram os portugueses que levaram esse hábito para o Brasil, enfim, coisas dos missionários.
quanto à filha sair para a Faculdade, sair fora do ninho, isso faz parte da vida. E mal quando isso não acontece.
Fica bem.
Manuel

Daniela Mann disse...

A vossa cumplicidade é emocionante pela ternura que transmite!
O pensamento, é lindo e profundo!
Beijinhos

Ricardo Rayol disse...

Faz um boneco pra minha filha e depois tira uma foto?

Jéssica disse...

E a sementinha q vc e seu marido plantou no coração da filha de vcs, é boa, um dia vai germinar, crescer, dar frutos bons tb e o ciclo segue. A vida é isso, é movimento. Confesso q não curto muito a época das festas de final de ano, tenho algumas lembranças não muito agradáveis, mas participo de td, ajudo, tb ajudai a montar a árvore aqui de casa, tb lembrei da época de qdo eu era pequena e o papai pedia a minha ajuda pra separar as bolinhas pelas cores, etc... Lindo post; nostálgico pra mim mas excelente.