20 março 2007



CHAMA ACESA




Há uma chama queimando
No céu de minh'alma
E uma chama de paixão
Que seu olhar cheio de brilho
Pintou com os pincéis de sua alma
Usando as tintas do seu coração
Morando agora dentro de mim
Há o calor de um sol a brilhar
Este sol que você desenhou
Na minha paisagem interna
Com o maravilhoso brilho
Desse seu lindo olhar
Contidas em suas palavras
que gritam em todas suas letras
esse seu amor por mim
Fez essa chama
Ser cada vez mais forte!
Minha alma era tão vazia
Não havia um vestígio de vida
Árvores secas ... brisa tão fria
No momento em que eu olhei
Bem dentro de seus olhos
Naquele exato instante
Eles pintaram essa chama
Na paisagem de minh'alma
E hoje ...sinto-me tão aquecida
Pois sei que esta chama tão viva
Estará para sempre...e ardentemente
Queimando no céu da minha vida!


®Mary Fioratti

,

3 comentários:

Anônimo disse...

Oi linda!!!

esse sol a queimar, esse sol a arder...passeia em almas apaixonadas. Lindo poema, intenso, uma sensação quase tátil de amor.

Beijo
daufen.

Ricardo Rayol disse...

nada melhor que uma paixão acesa pro um singelo e inocente olhar... quantas vezes isso não acontece...

Alexis Coald disse...

Mary

Cada ima delas nos deu um pedaco de um sentimiento.

Abraços do amigo Alexis