27 maio 2006




SE EU PUDESSE



Se eu pudesse apagar a sua ausência
como se apaga um risco feito num papel
com uma borracha
redesenharia depois a sua presença
como uma paisagem pirogravada
no amago de minha alma
e entre nós desenharia uma definitiva ponte
com passagem livre
onde colocaria meus olhos escondidos
atras de seu horizonte....



®Mary Fioratti

5 comentários:

Zé Carlos disse...

...oi amiga querida, que linda sua poesia.... Ainda bem que entre nós existe uma eterna ponte por onde passam nossas emoções, acertos e desacertos mas que sempre fica uma via livre para o perfeito entendimento.
Uma semana feliz, momentos felizes... bjs do Zé

Musician disse...

Sim :)
Se fosse possivel...mas tenho a certeza que sera...basta ter muita força! :)
Ai esta musica linda, amiga :)
Beijinho doce*

Daniela Mann disse...

Isso é o que se chama gostar da embalagem mas dispensar o conteúdo! eh eh eh eh
Beijinhos da Dani

mixtu disse...

amiga.. lindo...
claro que é poesia pois com esse teu coração tu podes tudo...
besitos, amiga, e umforte abraço, hoje apetece-me deixar-te um abraço, vá-se lá saber porquê...

Anônimo disse...

Great site loved it alot, will come back and visit again.
»