17 junho 2006




DECLARAÇÃO DE AMOR




Você é a minha rota
O meu caminho certo
A minha palavra imaginada
E nao dita
O meu olhar decisivo
O meu norte
O meu sul
Percorro sua paisagem
Amando a cada dia
Pedaços de sua alma
A cada nova roupagem
Aninho-me em seus braços
E voce toma minha vida
Como se fosse sua
De encontro ao seu peito
Ouço as batidas
Dos nossos corações
Uníssonos
Bendita hora que Deus
Cruzou nossos caminhos
Entrelaçando
Esse aprendizado constante
De almas tão diferentes
E tão gêmeas
Amigo verdadeiro, Irmão de alma
Companheiro de vida
Em todas as dificuldades
Quando a dor me toma
É o seu nome que eu chamo
Quando a alegria me domina
Reparto-a com voce
Vem menino…vem
Dá-me seus medos
Vou junta-los com meus sonhos
E transforma-los em nada
Atraque suas angústias
No porto de minhas esperanças
E eu empurrarei esse barco
Bem longe das suas lembranças
Fazendo-as pequenas
Quase minúsculas
Depois…eu vou abraçar você
Assim como você me abraça
Quando estou triste
E vou mostrar uma paisagem
Um oásis de sonhos
Que dentro dos meus olhos
Somente para você existe!

®Mary Fioratti

Um comentário:

daniel sant'iago disse...

Como amar com coisas pequenas...

daniel