08 outubro 2006




REFÉM




Leva-me como sua refém
prende-me dentro de seus olhos
em um "para sempre"....
Com suavidade
minha boca macia e umida
quer sentir o seu beijo molhado
e a ansia desse amor
em cada gesto
lentamente demonstrado
Leva-me como sua sombra
quero tomar conta de sua alma
como um anjo protetor
espalhando em seu caminho
pedacos do meu amor
A noite, deita-me na cama
desfolha meu corpo em versos
despetala-me!
faz-me flor desabrochada
Sussurra em meus ouvidos
aquelas palavras proibidas
deixe-me em extase!
depois caia sobre meu corpo
abraca-me com sua paixao
de-me aquele seu sorriso
de fim de noite
beija-me de um modo terno
e quando enlacar suas maos nas minhas
sinta-as nas suas, mornas e calmas
e com os olhos fechados
alma repleta, corpos suados
Descansemos por um instante
essa volupia de nossas almas....


®Mary Fioratti

8 comentários:

Janine Bettencourt disse...

Quanto prazer reflecte este doce poema...
É bom viver assim intensamente... com amor, paixão...
Abraço,
Jana Bettencourt

Mily disse...

Lindo! Lindo! Lindo!

Sensualmente lindo esse poema de amor!

Amiga, você tem uma facilidade de falar desse momento a dois, dessa entrega, desse enlevo, dessa união de dois seres apaixonados que comungam no corpo e na alma um sentimento tão forte como o amor.

A foto em azul, também belíssima!

Dois belos presentes que você nos oferta ao olhar. Obrigada, meu anjo, como agradeço também a luz que sempre deixa ao me visitar.

Ficam aqui beijos, sorrisos e flores, para enfeitar a tua semana, que desejo seja repleta de alegria, de paz, e de amor.

Zé Carlos disse...

Hummmm!!!! barbaridade.... este suspiro foi longeeeee...

Linda semana menina, seja muito feliz, bjs do ZC

Unicus disse...

Reparas que mesmo por um instante de descanço o sonho não pára? Torna-se lânguido e preguiçoso, saboreando os prazeres do amor..
Beijo

Pé de Salsa disse...

Mary,

Sem mais palavras. Delicioso!

Tem uma boa semana.

AS disse...

Querida Mary,
Um lindo poema... belo, intenso, sensual!
Cada palavra toca-nos como uma suave caricia...


Um beijo terno e doce...

Betty Branco Martins disse...

Querida Mary

Que posso dizer!!!

MARAVILHOSO :)) cheio de sentir[es] e doce sensualidade - bravo!

Beijinhos

Alexis Coald disse...

Amiga

Tus letras son poesia de dioses en otoño.

Un abrazo grande