09 março 2006




MEU UNICO DESEJO




Se Deus me concedesse um desejo
hoje eu queria novamente
retroceder ao dia
que vi o rostinho de minha filha
pela primeira vez
Lembro-me ter descoberto
um cobertorzinho azul
e visto seus cabelinhos pretos
sua expressao de docura
Dali para frente, minha filha
tantas coisas aconteceram
fui aprendendo com voce
a doar mais
sentir intensamente
rir do nada
ser feliz por ser...
A cada dia uma nova experiencia
a chupeta
a mamadeira
as noites em claro
(sinto saudades de cada uma!)
do suco de frutas
da sopinha
da carne moida com pure
(sua comida preferida)
Nossos passeios no shopping
Dos Natais magicos
quando voce acreditava em Papai Noel
Da Pascoa
Quando voce ficava a procurar pela casa
os ovinhos de chocolate que eu escondia
cada um com um presente
Dos seus aniversarios
com suas amiguinhas correndo pela casa
Voce foi crescendo minha filha
e eu fui tentando acompanha-la
tentando ser a amiga, e a mae
Uma vez me disse alguem: nao queira ser amiga
Primeiro voce eh MAE!
(tarefa mais dificil!)
Sinto saudades hoje de acompanha-la
nas aulas de danca
nas suas apresentacoes no palco
quando voce brilhava com seu sorriso
De repente me dei conta minha filha
que voce cresceu!
Ontem quando entrei no seu quarto
e vi espalhados pelo chao seus CD´s
seus cadernos de escola
e ao lado deles
vi sua carta de motorista
percebi um certo brilho de liberdade
quando voce olhava em seu computador
os sites de Revendedores de Carro
Como o tempo passou depressa minha menina!
No entanto voce ainda me chama
para coloca-la na cama
quando o medo de ser adulta
fala mais forte dentro de voce
Daqui a um ano
voce ira para a Faculdade
e seguira seu destino
Ah! se Deus me concedesse um desejo hoje
queria comecar tudo de novo
fotografar cada momento
escrever num caderno cada sentimento
para quando mais tarde
sentar-me naquela cadeira de balanco
eu poder como meu pai quando velho
ter uma caixinha de fotografias
talvez muitas delas eu nem me lembre mais
como meu pai nao se lembrava
mas o que importa?


®Mary Fioratti

3 comentários:

Zé Carlos disse...

... Mary querida, vc quer mesmo emocionar a nós que somos pais e fomos um dia pais de crianças maravilhosas assim..... este é o caminho. Para isto vc ensinou a ela como ser feliz, decente, honesta e verdadeira amiga de seus amigos.... mas ela será sempre sua filhinha.... bjs do Zé

Terezinha disse...

Mary,
Sou solidaria com voce neste sentimento!!!
Sei muito bem o que esta sentindo...Snif! Snif!.Sim eles crescem!!!!!!!
Beijao
TE

Betty Branco Martins disse...

Querida Mary

Parece que esse desejo é comum - principalmente em "nós" mães.

Estão cheias de ternura e amor, as tuas palavras.

Beijinhos

Bom fim de semana