16 março 2006




SEU RETRATO




Meus olhos vêem muito mais
alem de seu lado sonhador
Eles buscam dentro
De sua pura essência
Aquele pedaço que lhe falta
Meus olhos lêem
Muito, muito mais
Do que suas palavras
Colocadas em papeis frios
Em noites enluaradas
Eles conseguem entender
de um modo pleno
o que vai dentro de sua alma
Meus olhos traduzem
Muito, muito mais
Do que suas maos dizem
Quando você rascunha
seus dias de sol
nas noites de chuva
em pequenos papeis amassados
que revelam seus segredos
Assim leio sempre mais
Muito, muito mais
alem de seus simples devaneios
ou o que as pequenas e vãs palavras
que aglomeradas em seu a,b,c,
Podem-me dizer
Que seu sonho sempre
seja um sol dourado
morrendo nas montanhas
de meu corpo apaixonado
culminando brilhante
no horizonte do meu Ser

®Mary Fioratti
,

2 comentários:

Bea disse...

Oi mary

Que linda poesia. Com tuas simples palavras, consegui ver-me assim tb. Que coisa boa qdo posso começar meu dia e ler essas reflexões q nos questionam mto. É sempre uma alegria chegar aqui e deparar-me com tanta doçura e ao mesmo tempo ficar feliz e triste.
Que bom q através do blog do zé carlos pude conhecer vc e tuas poesias. Serei eternamente grata a ele ,por todos os poetas e poetisas q venho conhecendo,ao mesmo tempo q estou me abastecendo com tanta poesia,tanto amor. Obrigada querida poetisa mary, pro deixar meu resto do dia mais consciente e alegre.
bjus tua fa Bea

Lata Mágica disse...

Concordo é muito linda essa poesia, nós aqui do lata mágica agradecemos sua visita e seu carinho. Mary Odilene também escreve irei pedir para ela mandar um texto para você.
um forte abraço da Latinhas
Willam e Odilene