09 agosto 2006




CAMOMILA




As tardes suaves
quando o vento sopra devagar
e o sol já esta fraco
pego minha bicicleta
e é so começar a pedalar
que sentimentos antigos
nascem dentro de mim
moleca, cabelos meio avermelhados
uma franjinha marota
cheirando a shampoo de camomila
e lá ia eu descendo e subindo ruas altas
deslizando nas ladeiras abrindo as pernas
e rindo da propria vida
a bicicleta nao era minha
era emprestada
mas os sonhos, esses nao!
esses eram mesmo meus
pedalava, pedalava, depois subia as pernas
no guidao da bicicleta
soltava as duas maos
e naquele momento, com aquele vento
e aquela liberdade escancarada
batia tao forte meu coração!
hoje quando pego minha bicicleta
e comeco a pedalar
meus cabelos ao vento
dá-me aquela sensacao de levar
meu pensamento
entao pedalo, pedalo, e a calcada é longa
e eu vou indo, vou indo...
quero essa sensação de liberdade viva
quando contorno os buracos
subo as ladeiras...desço-as com velocidade
sensacao de controle
é como se de repente eu estivesse controlando
minha vida, meu destino
como se nao houvesse solidão, tristeza,
vazio, nem ao mesmo futuro
e sim somente aquele presente
naquele sol fraco tocando minha pele
no vento frio que eriça meus pelos
nos meus cabelos que voam
nos meus lábios que ressecam
Nesses momentos
queria que a vida fosse assim
um pedalar constante
zunindo nas calcadas
juntando as esperanças
e vendo meu cabelo voando...
brilhando ao sol
cheirando a shampoo de camomila

®Mary Fioratti

8 comentários:

Kafé Roceiro disse...

Camomila! Seria um belo nome de mulher.

daniel sant'iago disse...

Receita:
Tome uma chávena de camomila depois de contar tudo o que lhe vai na alma depois de...
E... diga-me o que acontece?
Dorme?

daniel

o alquimista disse...

Ficas convidada a vir aqui tomar um chá verde cultivado cá e ler-me este teu fascinante poema....

Um doce beijo minha Amiga

Marco Magalhães disse...

Um belo poema com cheiro a liberdade.
A saudade da Camomila.

Sandra disse...

Oh linda...adorei o teu texto!
Sabes adoro chá de Camomila! Sabe-me tão bem!!!
:)

Um beijinho para ti!

AS disse...

Por vezes precisamos libertar o adolescente que há dentro de nós!...


Um beijo!

rouxinol de Bernardim disse...

Originalidade e classe! Gostei da associação de camomila a outros prazeres espirituais... Como sempre, um toque de classe e de mestria...

Alexis Coald disse...

Mary

Tus letras tienen ese perfume magico que solo tu das a tus escritos.
Me gusto, cada dia entiendo más el portuges.

Alexis Coal