26 agosto 2006




UMA MULHER




Imagem de sonho
Embrulhada
Em fitas douradas
Delicada, feminina
Suave como a brisa
Sonha... navega...
Pelas ondas turbulentas
Enfrentando as tormentas
E no palco da vida
O papel do Amor
É o que melhor representa
Colo morno, mãos suaves
Cabelo macio, beijo molhado
Carinho guardado
Para o momento certo
Pés inquietos... macios
Prontos para um carinho
Creme no corpo espalhado
Pronta para ser tocada
E com muito amor
Abusada
Planta a semente
Rega a flor
Acaricia os brotos
Faz o papel do sol
Da lua
Das estrelas...
Cria... transforma...
Procurando a beleza
Mulher fogosa
Que alucina
A solidão
É sua sina

®Mary Fioratti

,

17 comentários:

CARLOS disse...

SUEÑOS SOÑADOS

Que tristes aquellos que duermen sin poder soñar,
que aventurados aquellos,
que sueñan sus sueños,en suaves brisas de mar.

Y como gigantes, los sueños avanzan a pasos cansinos
con rostros brillantes de hermosas verdades
en sinfonías sin tiempos, que ya no son sueños, son realidades.

Que tristes aquellos que vendieron la magia.
que cambiaron sus vidas en tiempos de olvido,
en tiempos de ausencia.
Que ya no sueñan, que traficaron su esencia.

Que tristes aquellos que prostituyeron su alma
que mataron sus sueños, sus sueños dorados.
Viven tristes, irreversiblemente dañados.
Perdieron su cable a tierra, sus sueños soñados.

Por suerte en el mar, no mueren los sueños.
En aguas de sirenas y naufragos alados
Crecen y se alimentan, los sueños soñados.



NAUFRAGO.

MentesSueltas disse...

Hermoso tu poema. Es mi primer visita y me gustó mucho tu espacio.
Un abrazo desde Buenos Aires.
MentesSueltas

Edna Feitosa disse...

Oiiii!
Gostei que vc apareceu lá no Flog.
Claro que conheço aquela música que postei.
Estava brincando...rs...(tinha até risinho lá, ara...rs)

Lindo poema! Esse eu já conhecia? Se já não me lembrava. É lindo! Só me permita discordar do final: "a solidão é sua sina". É lindo poeticamente falando, mas não creio nisso, minha amiga.

Estar sozinha é uma condição que a mulher acaba "escolhendo" quando não quer ficar com alguém que não a faz feliz, né não? Acho que a mulher é mais corajosa do que o homem e PREFERE ficar sozinha do que numa solidão a dois...que muitas vezes o homem aceita por comodismo. Tô errada?

Eita...sorry...eu ando muito pé no chão, né? me perdoa, amiga...

Beijos e ótimo sábado, domingo...
Edna

Poemas e Cotidiano disse...

Oi amiga: respostinha pra voce! rs
Eu sei que vc conhecia, vi o jeito que vc escreveu. Mas escrevi so pra te chatear!
Quanto a esse poema, quando eu o fiz eu senti assim: que a mulher jamais serah compreendida totalmente por nenhum homem. Por mais "alma-gemea" que seja, entendeu? A "Solidao" que coloquei, eh uma solidao figurativa, que independe com quem ela esteja.
Eh uma solidao interior. Na verdade, acho que se estende tambem ao homem, o mesmo sentimento, embora eu ache que nos mulheres sempre o entendemos muito mais.
Beijos querida!
Mary
PS: Ahhh mas que vc anda pe no chao anda mesmo! rs

José Alberto Mostardinha disse...

Olá Mary:

Muito bonito e muito sensual.
Desejo-te um bom fim de semana.

Um abraço,

Edna Feitosa disse...

rs...
tendi agora.
EstAMOS com razão! RS...

Sobre estar pé no chão, não quer dizer que deixei de sonhar, de ser romântica, mas que está muuuuuito difícil de eu me deixar envolver por paixões, isso tá! E tá (quase) bom assim, sabe? Já sofri muuuuito... Hoje sofro menos, embora o vazio de amor tb não tem graça nenhuma...rsrsrssss...
(putz! que contradição! Não esquenta...rss)
Beijos
Edna

dreams disse...

a mulher...
feita por deuses que sabiam sonhar...
simplesmente mulher...

vim matar saudades...
obrigada pelo carinho...

um beijo doce * para um doce
“·.¸Dreams¸.·”

El Navegante disse...

Maty: è admirável, como podeste nos contar, a verdadeira esencia de uma mulher sonhada por lo homem que procura a perfeiçao.
Teus versos deixan descobrir umas das cualidades mais sagradas da mulher, onde acho que é por isso, que nao é cualquer homem quem merece o destino de issa cualidade,nada mais e nada menos que se preparar como um perfume, como a suavidade da rosa, só para se entregar tuda as maos de quem vai chegar até o paraìso.
Onde pode morar uma mulher enteiramente adorada, si nao fossi na alma de algue´m con una grande capacidade de amr e ser amada, de falar baixinho as cosas que lo homem gosta de ouvir, e escutar de ele sò palabras de amor.
Eu conheço uma mulher assim, e desejo que alguma vez, si é que aìnda nao existe issa pessoa a seu lado,poda transformar seu poema maravilhso em una doce realidade.
Beijo e parabèns pela tua arte.

daniel sant'iago disse...

Tive uma tentação...
Transcrever o poema no masculino...
"Um homem"

daniel

Zé Carlos disse...

Mary querida, isto passa, para vc e para a Edna... mal de solidão, mas depois vem a bonança, né não? Muda como o lado do vento!!!
Bjs do ZC

Poemas e Cotidiano disse...

DANIEL!
Por favor, ESCREVE!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Quero ver o seu lado.
Beijos
MARY

Kafé Roceiro disse...

Mary
You are a pretty woman. Roceiro falando essas coisas é inédito. Mas, o poema é lindo! Lindo! Gostei pacas...

zezinhomota disse...

Lindo, lindo minha amiga; é um encanto de se ler e eu por aqui neste cantinho tão pequenino da Europa. Fico imensamente feliz por a ler de uma maneira que me enche de orgulho de ser seu leitor.

Tenha uma semana muito feliz.

Bjnhs
daqui do Porto-Portugal

ZezinhoMota

daniel sant'iago disse...

Foi só uma tentação... Imagina... se eu era capaz de "estragar" o teu poema!
Bem... o que eu queria dizer é que também há sempre...

um homem
navegante de mares da fome
solitário
solidário viajante de pomares
sem frutos
sem nome
mas homem

Poemas e Cotidiano disse...

Daniel: Adoro o que voce escreve, sabia?
Sou uma leitura assidua do seu Blog, porque voce sempre faz poesias diferentes. Eh preciso ler profundo para acha-lo.

Que lindo!
Adorei a poesia!
solidario viajante de pomares
sem frutos, sem nome, mas homem"..


Que lindo Daniel!
Sou sua fa!
Um beijo carinhoso
MARY

daniel sant'iago disse...

Obrigado, Mary!
Passe pelos "brincos" e verá que sou um texteiro somente.

Outro.
daniel

Francieli Rebelatto disse...

Por traz dos traços definidos
da penumbra de seu olhar leve
te escondes doce mulher
perversa menina,
eterna meretriz
que anseia pela grandez dos dias
pelos desejos incontidos...

Me inspiraste...muito legal teu blog

beijos e da uma passadinha no meu cantinho...