02 agosto 2006




QUANDO PENSO EM VOCÊ



Quando penso em você
sinto assim
um calafrio suave
que faz caminho
em minhas costas
e vem morrer
no sorriso dos meus lábios
meus olhos ficam serenos
como se fitassem uma nuvem
parada no céu
pareço ver você chegando
sorrindo
com os braços abertos
com os passos certos
tomando-me em seus braços
beijando minha boca
olhando-me nos olhos
sem promessas
Quando penso em você
as estrelas caem
como chuvas suaves
na calçada do meu coração
Então se faz o sol
brilha aquela cor meio dourada
atras daquela montanha encantada
onde vive a minha solidão
Há um entrelaçar de dedos
toques de caricias
e beijos com malicia
nos corpos buscando sensações
Quando penso em você
A minha alma com voz suave
começa a cantar
E eu fico então com esse rosto
essa expressão etérea
de quem esqueceu de tudo
e só se lembra de sonhar

® Mary Fioratti

2 comentários:

Zé Carlos disse...

Mary querida, "Quando penso em você
a minha alma com voz suave começa a cantar" ... sabe agora por que nos encanta sempre? Por ser esta pessoa maravilhosa.... bjs do Zé

Musician disse...

És um anjo na terra :)
Quando penso em ti, o meu coração sorri :)
Te adoro Mary.