13 setembro 2006




ESTENDO MINHAS MÃOS




Estendo minhas mãos
Dando-lhe esses versos
Palavras platônicas
Vindas de um coração
verdadeiro
intenso
e purificado
por esse sentimento
amor céu...dignificado
Vem.... abre suas mãos
E colhe a borboleta colorida
que eu busquei na sua ausência
que somente olhos puros
tao puros como os seus
poderiam entender
essas suas cores
e a sua verdadeira essência
Deixa eu contar-lhe
de antigas paisagens que vi
de momentos que senti
que tiraram o meu folego
Deixa eu dizer a você
daquela margarida que nasceu
e quando você se foi
ela estava ainda em botão...
Daquela nuvem no céu
que se desenhou de repente
das chuvas repentinas
do vento frio
das tardes ensolaradas
de um pensamento meu que se perdeu
e de meus olhos
que deitaram-se tantas noites
no horizonte
a procura dos seus...


9 comentários:

Kafé Roceiro disse...

Você é pessoa com uma energia que me deixa embasbacado.Nunca vi uma pessoa assim, com tanta força e alegria de viver. Tão pra cima e que sabe fazer aqueles que convivem com ela tão felizes por conhecê-la, mesmo que de longe. És uma pessoa e tanto, minha amiga Mary! Beijos do Kafé.

Luís disse...

A saudade leu este texto e reconheceu-se.

Mais uma expressão profunda do que é a saudade e a ansiedade pelo fim da ausência da pessoa amada.

Beijinhos,

luis

Daniela Mann disse...

Olá minha querida amiga, uma abraço apertadinho para si!!!
Os seus comentários comoveram-me!
É tão bom sentir o vosso carinho depois desta ausência.
Do fundo do coração muito obrigada!

Kafé Roceiro disse...

Eu voltei...

Musician disse...

Oh minha querida, se soubesses o quanto adoro os teus poemas!
Eles têm o dom de me aquecer o coração e me deixar sem palavras!
Que bom que neste Mundo eu te encontrei!
Te adoro.

Um beijinho*

António Rosa disse...

Foi uma surpresa vir cá parar e conhecer este blogue. Elegância bonita de ser ver e ler.

Cumps.

Monka disse...

Monka

Passeando em blogs cheguei no seu e adorei tudo que vi...Lindo!
Apareça,s era um enorme prazer..

Bjokas.

Monka disse...

Monka

Passeando em blogs cheguei no seu e adorei tudo que vi...Lindo!
Apareça,s era um enorme prazer..

Bjokas.

Alexis Coald disse...

Sencillamente hermoso, sus metáforas son maravillosas como tambien la imagen, te felicito amiga.

Cariños