20 novembro 2006





SENTIMENTOS





Nao sei se falei para voces que adoro Segunda-Feira, falei? Pois é o meu dia preferido.
Acho que sinto que a vida comeca tudo de novo, com novas perspectivas. E alem do mais, gosto muito de trabalhar, mesmo nao estando no lugar ideal no momento. Estou a procura daquele lugar que me faca sentir "eu" mesma.
Acredito que a procura de emprego tem muito a ver com a "energia" da Companhia que a entrevista, e a sua "energia".
Tem que haver aquela compatibilidade imediata. Tenho mandado alguns Curriculuns (na verdade a palavra e "Curricula" no plural, mas acho horrivel), feito algumas entrevistas, mas ainda nao "bateu" aquele sentimento de compatibilidade.
Como toda pessoa que envelhece se torna saudosista, ontem fiquei a lembrar do meu emprego anterior. Uma verdadeira familia.
A semana passada passei em frente da empresa (na verdade e meu caminho, desviando um pouquinho). E vi tudo sendo reconstruido.
Minha sala, que fiquei por 10 anos, praticamente derrubada. Nao resisti, e parei o carro no estacionamento, exatamente no lugar que eu costumava parar.
Entrei. Que sensacao estranha. Meu coracao batia forte. Entrei na cozinha, toda derrubada (parecia ouvir o burburinho do pessoal de manha tomando cafe)... Senti o abraco carinhoso do Dave.
Segui pelo corredor, vi minha sala, parecia ouvir as brincadeiras dos meninos...segui...entrei no fundo, a sala do Dave (que hoje esta no Iraque trabalhando como Comprador), a sala do Presidente (que hoje esta em outra Cia), a sala do Dewayne (que hoje nem sei onde esta...), a sala do Scott com seu bom humor invejavel,e fui parar no Warehouse (Almoxarifado), onde lembrei-me do Tom Cox, 75 anos, o primeiro funcionario da Cia. E eu ia abraca-lo todas as manhas.
Aquelas lembrancas, me fizeram bem. Reconfortaram-me.
No meu caminho para a porta, parei na sala de conferencias, onde tantas vezes tivemos reunioes ruidosas, lanches, risadas altas, parecia ouvir tudo novamente.
Na saida, encontrei um homem que ia entrando de capacete, e roupa de construcao. E ele me informou que essa casa havia sido comprada pela ETHICON.
Fui andando para o estacionamento, olhando para tras, com uma sensacao tao grande de carinho, lembrando-me do tempo que la estive.
Quantas coisas aprendi. E a mais rica delas, foi a experiencia com o ser humano. Convivendo com os eletricistas todos os dias, sabendo da vida deles, da mulher, dos filhos, compartilhando com pessoas simples, que eram como eu. Ajudando-os no que era possivel.
No dia de pagamento, conversando com suas esposas, vendo os filhos correrem pelo escritorio a procura do pai. Eu os vi pequenininhos, e foram crescendo...junto comigo.
Hoje eu sinto como sou diferente do pessoal que hoje trabalho. Todos os dias eu interpreto uma pessoa que nao sou.
O ano passado, tivemos o Jantar de Natal num Hotel super chique na cidade. E no discurso que a Presidente fez, ela descreveu cada uma das Assistentes Administrativas, e na minha vez ela disse: "Maria esta com a gente ha 1 ano, e alem de seu profissionalismo, sua marca registrada é a afetividade que trouxe para nossa Empresa".
Para mim aquilo valeu mais do que se ela dissesse:"Ela é a funcionaria mais inteligente da nossa Companhia".
Assim sou eu... Nao quero perder esse sentimento que tenho dentro de mim. Embora eu tenha aprendido "um pouco" o jeito de trabalhar do americano, fiquei a pensar que nao sei trabalhar sem colocar sentimento no que faco.
E eu sei que vou encontrar novamente um lugar que eu possa ser eu mesma.


Mary Fioratti

12 comentários:

Jéssica disse...

Pois não perca, minha amiga, entre outras coisas, isso é o q te deixa ainda mais bela e simpática, sabia? A afetividade.
E não se esqueça, Deus está no comando!
Um semana maravilhosa pra nós.
Carinhosssssssss

Musician disse...

Depois de ler este teu "desabafo" suspirei...e sabes de quê, querida? De carinho, de amizade, de tanta coisa boa...
És uma pessoa tão linda e especial! Tenho muito orgulho em pertencer a esse teu coraçãozinho maravilhoso.

Deus queira que encontres um lugar especial onde possas ser valorizada como mereces!

TE AMO minha amiga.

Um beijinho*

El Navegante disse...

Oi Mary, minha cara Amiga de Mel.
Infelizmente meu baro tevo que ficar en porto, por problemas do micro, e lo stres do capitao.
Agora tornou lo micro, aínda noa com eu desejaba, pero tornou a minha sala de mando.
E achei en fazer ista viagém até iste porto de ensonho, para me chevar a delica de ista múscia que estou ouvindo, o clima de paz e saudades que vc deixa con sua historia, indudablemnte é especial ista segunda feira.
Mais que nada por em deixa mais uma vez disfurta ra tua companhía, e me chevar a paz que tanto necesitaba na lama para poder continuar navegando como ontem
Um beijo muito grande, e olha, vc já tem um lugar onde pode seer vc mesma.
Tem a vida que te rodeia, que disfruta que ecista no seu espacio uma rainha doce como vc é.
Até breve,nao sei cómo deixar teu porto, nao dan desejos de lhe fazer.
Beijo a tua filinha .

Ricardo Rayol disse...

Deve ser uma sensação muito doida... já passei por isso e é bem desagradável. Mas no fim tudo fica bem.

Luiz Carlos Reis disse...

Querida Mary, recebí teu desafio e o aceito, postarei mais tarde. Mas devo considerar que as lembranças de outrora nos fazem muito bem!

Abraços no coração, minha linda!

zezinhomota disse...

Mary, gostei muito do que li, como esse seu belo sorriso, que faz de si uma pessoa especial.

A Saudade, é vista e sentida em vários ângulos, eu sinto-a como sendo um sentimento belo; porque eu tenho Saudade só naquilo que me toca profundamente logo aí, terá de ser algo que me toca muito.

Desejo que fique bem e que a felicidade nunca a abandone, porque a Mary é muito sensivel e por isso a merece.

Do Porto-Portugal

Bjnhs

ZezinhoMota

Kafé Roceiro disse...

Você é especial até nisso! É a primeira pessoa que conheço que gosta de segundas-feiras. Beijos pra minha amiga toda especial.

Jéssica disse...

Passando pra te dar um beijo, linda e doce mulher.
Lindo dia, beijoooooooooo

Cotidiano disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Cotidiano disse...

Mary,

Um dos ingredientes para nossa felicidade e colocar sentimento em tudo que fazemos, e como o trabalho e parte primordial em nossas vidas, temos realmente que amar o que fazemos...concordo plenamente

Bjs

Jéssica disse...

Oi, minha querida, espero que tudo esteja muito bem com você, apesar das lutas dessa vida...
Andaram te molestando, foi?
Linda 4a. pra vc e sua família.
Beikossssssssss

Cristina disse...

Um happy Thanksgiving para ti
:)
beijinhu