14 novembro 2006




SEUS AFAGOS




Quero seus afagos
Suas maos mornas
Em caricias interminaveis
Cheia de arrepios
Quero enrolar-me em seus bracos
Encaixar-me em seu colo
Posicao fetal de amor puro
E ali ficar para sempre
Ate que o mundo acabe
Nao quero saber do hoje
Nem de todos seus segredos
Quero seu abraco inteiro
Engolindo meus medos
E as suas maos na minha pele
Espargindo suas digitais
Deixando suas marcas
De exclusivo dono
Penetrando meus pensamentos
Mais secretos
E minhas vontades de amar
Mais inconfessaveis
Quero seus afagos
Sua boca na minha boca
E que entre beijos
Sussurre-me palavras de desejo
Deixando que eu me entregue
Plena
Inteira
Absoluta
Perdendo todos os meus medos
Enquanto suas maos experientes
Macias, mornas e aflitas
Entre caricias ousadas
Desfolhem todos meus segredos


®Mary Fioratti

5 comentários:

Ricardo Rayol disse...

Mary, delicioso texto. Desfolhar segredos..caricias interminacveis... penetrando os pensamentos mais secretos.. caramba.

* White Roses Princess* disse...

adorei....ta lindo, de facto..gxtei do teu cantinho********



* White Roses Princess*

Jéssica disse...

Caramba, meu, deu tesão...rs...
'dedilhar das mãos na pele macia, compondo assim uma linda canção de amor'
ai ai...
1xeru

☆Fanny☆ disse...

Olá Mary!!!

Que saudades!!!

Esta melodia é tão especial para mim...estou embalada...coração afagado pelas recordações que agora cresceram dentro de mim...

E o teu poema? Um complemento perfeito neste oásis da minha memória.

Obrigada por este momento mágico!

Um abraço de estrelinhas*

Fanny...de sorriso na alma.

Alexis Coald disse...

Hay una plenitud tan grande se sentimientos en este poema, me ha gustado mucho como tambien la imagen

Te abrazo amiga Mary