18 janeiro 2007


ACOSTUMANDO COM A TECNOLOGIA



Quando sai do Brasil, trabalhava na Brystol Myers Squibb. Foi em 1990, e naquele tempo estava surgindo o computador nas Companhias.
Ainda trabalhavamos com as maquinas eletricas "Remington" com fita corretora.
(Caramba, escrevendo essa frase acabei de me sentir "decrepita").



Quando vim para os EUA, compramos um computador Compac, mas até entao nao havia internet. Lembro que eu datilografava minhas cartas para minha familia, e imprimia.

Em 1998, colocamos Internet nele. Nossa, para mim foi a "descoberta do século". Eu adorava navegar. Conheci aquela turminha do Lycos (chat) que acabamos nos encontrando em Pittsburgh, Pennsylvania. Foi um tempo muito divertido.

Em 2001 ganhei um computador novo no Dia das Maes. E assim, fiquei com ele até este Natal.

Nos ultimos tempos, o bichinho congelava, eu nao podia estar em duas paginas ao mesmo tempo, para fazer esse blog era um sacrificio.
Procurava a foto primeiro, depois tinha que sair de um site, para entrar em outro. Nao podia fazer simultaneamente.

Agora no Natal ganhei do Roque (meu marido) um laptop. Na verdade eu queria um desktop, mas ele me convenceu a aceitar a ideia do mais moderno.
Eu estava tao confortavel com meu computador velhinho.
E agora estou adorando a nova experiencia. No comeco "apanhei" um pouco no teclado que reto.
Ganhei um mouse, porque com o dedinho prá cima pra baixo nao dá...
A minha primeira experiencia em usa-lo foi quando fui para Kent, Ohio, conhecer a Universidade que a Patti passou.

E alem de tudo o Roque esta me dando aulas de Excel e Power Point.
Sei os dois,mas nao a parte mais avancada. Ele quer me ensinar os graficos (que detesto!).

Estou gostando da experiencia. Afinal, como ele diz, estou deixando de ser "coloninha".

Agora o meu velhinho, ficou para o Roque. Ele disse que ficou mais rapido, so para competir com esse.
Ele adora ler todos os jornais possiveis imaginaveis do Brasil e EUA.

De vez em quando volto no "velhinho" para fazer algumas coisas. E matar as saudades.



®Mary Fioratti

8 comentários:

Ricardo Rayol disse...

Mary, se tem uma coisa que você não é é decrépita rs... Eu fiz aula de datilografia no colégio. E tive acesso a computadores em 1984 quando trabalhei num banco do CitiGroup. Então, estou matusalêmico rs

Jéssica disse...

kixiskis, hein?
é u pogreçu...rs...
Beijos e linda tarde procê*.*

Jonice disse...

Quando você saiu do Brasil eu datilografava numa IBM 6745, era um avião à jato, não! era o Concorde mesmo (LOL, decrépita também) e demorei até o ano retrasado para ter o PC e ano passado para a internet entrar aqui em casa. Agora não quero mais ficar sem isto! No power point eu vou um bocadinho ...no excel, acho chatinho, e como ainda não tive tanta necessidade ... sabe como é, né. Mas o que eu não sei ainda e quero mesmo saber é como ser mais esperta pra colocar coisas no blog, you know, música, imagens, links ...
Nossa escrevi uma carta!
Bom fim desemana e beijinhos:)

Daniela Mann disse...

Uma pessoa habitua-se num instantinho às coisas boas! ;)
*´¨)
¸.•´¸.•*´¨) ¸.•*¨)
(¸.•´ (¸.•`* Beijinhos

Zé Carlos disse...

Oi menina, aqui na tua terra CHOVEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE

Para vc calcular a minha idade eu comecei a aprender informática (ou sei lá como se chamava) num TK-80 se não me engano..... a linguagem nem me lembro mais como se chamava.

Hoje estes baixinhos como o seu fazem o diabo. Eu na fazenda e com ele no colo falando com o mundo, é uma maravilha, né não?

Um lindo final de semana..... Bjs do Zé

eu disse...

O velho dando lugar ao novo ... !
Querida Mary, que vc tenha um lindo e abençoado final de semana ...
Beijos no coração

Amaral disse...

Oi, Mary! Que bom que é a descoberta, quando ela passa por nós nos seus mais ínfimos pormenores...
No calorzinho do lar, tudo vai fluindo por ti com doçura e encanto...
Posso calcular a tua alegria de menina a passar por todas as coisas novas que vão surgindo a cada instante...
Agora, com a blogosfera, a comunicação tornou-se outra e a oportunidade de se fazerem amizades "virtuais" é cada vez mais "real"...
Que mais posso desejar senão que tudo continue com alegria e boa-disposição!?...
E que continues assim com esse ar de felicidade, por muito, muito tempo!...
... Para que possamos, também, continuar a visitar-nos e a partilharmos o que nos faz felizes!...

Anônimo disse...

Gostei do seu blog. A música é maravilhosa. Bom fim de semana. Bjs, Ione
ione.barbosa@gmail.com