29 janeiro 2007



SEGREDOS DA ALMA





Quantos segredos guardam nossa alma! Sempre a espreita, parece um cofre onde guarda os nossos mais intimos segredos.
O ser humano e privilegiado por ter o poder de seus pensamentos e sentimentos. Nao ha o que possa interferir neles.
As vezes me pego olhando as pessoas e tentando imaginar o que estao pensando ou sentindo. Cada um, com uma alma caracteristica, muitas vezes escondem dores que jamais serao descobertas.
Quando fui para Chicago a semana passada, sai do Consulado e fiquei andando pelas ruas, fazendo hora, ate que meu onibus saisse.
Entrei entao num Shopping muito bonito, sentei numa poltrona muito aconchegante e fiquei a observar as pessoas.
(Uma das coisas que eu mais gosto).
Entravam e saiam, umas vestidas sofisticadas, outras simples. Um casal parou na minha frente, o filhinho corria pelas lojas, estava aprendendo a andar. E andava e caia. E os dois olhavam para o filho com aquele olhar de orgulho.
Imediatamente lembrei-me quando minha filha andou pela primeira vez. Estavamos o Roque e eu, na Lavanderia do apartamento em Detroit, e de repente ela, que estava sentadinha no chao, levantou-se e saiu tropega, deu tres passinhos e caiu no chao. Jamais vou esquecer o olhar que o Roque e eu trocamos. E o sentimento que tivemos naquele momento.

Assim somos nos, vamos pela vida colecionando sentimentos.

Sai do shopping e vi um "Starbucks", eu nao havia tomado cafe ainda, e eu sabia que la poderia conectar meu laptop. Na frente do lugar, havia um homem preto, pobre, sacudindo uma latinha. Todo falante, saudava todos que passavam: "Bom dia Madame, como vai? posso ajuda-la?" E todos que entravam no Starbucks, ele abria a porta, sempre com a latinha na mao.
Quando entrei, e pedi meu cafe, sentei na janela que dava para a rua. Fiquei a saborear meu cafe, e um muffin de banana que havia comprado. E fiquei a observar aquele homem.
Ele parecia tao feliz, muito mais feliz do que eu, sacudindo sua latinha, cumprimentando as pessoas, parecia realizado.
Este homem, na verdade, estava vestido dignamente, nao como um mendigo, (digamos um mendigo mais sofisticado -rs), mas parecia uma boa pessoa.
De repente saiu um homem do Starbucks, e jogou algo no lixo. O mendigo se aproximou, e enfiou sua mao no lixo, catou a metade de um muffin ja comido, e um resto de cafe do copo. Tomou o cafe e comeu aquela metadinha como se fosse o manjar dos deuses.
Percebi que meu muffin ja nao tinha o mesmo gosto. Fiquei a olhar aquele homem, e pensar...fosse ele quem fosse...estava comendo restos do lixo.
Guardei a metade do meu muffin, e abri meu laptop. Chequei meus emails, sempre olhando para fora, e observando aquele homem.
Alguns o ignoravam, outros colocavam uma moedinha na latinha.
Antes de sair, levantei e fui la comprar um muffin e um cafe. Ao me ver saindo, o homem veio abrir a porta (a procura de algumas moedinhas, claro). Estendi para ele o muffin e o cafe.
Ele me olhou e disse: "A sra quer que segure para a sra"? Eu disse: "Nao, e seu".
Ele pegou o cafe e disse: "Nossa moca, ta fumegando! Obrigada!". Pegou o muffin com outra mao (e ate esqueceu da porta - rs).
Sentou-se num murinho, e comeu tao prazeirosamente aquele muffin, e dava goles cuidadosos no cafe fumegante.
Senti que a alma daquele homem era boa.

Isso me fez lembrar (uma coisa foi ligando a outra) uma das vezes que fui com minha filha para o Brasil, ela tinha 7 anos. Fomos andar no centro de S.Jose dos Campos, e perto do Forum, bem no centro, havia uma mulher pobre sentada no chao, com o seio de fora, miseravelmente vestida, dando leite a uma criancinha. Minha filha nunca havia visto isso na vida, e ficou petrificada. Parou em frente da mulher, e ficou a olha-la. Viu que algumas pessoas colocavam dinheiro numa caixa que tinha em frente dela. Ela olhou para mim e disse: "Mae, voce tem dinheiro?" Tirei da bolsa e dei para ela, que colocou na caixinha sem desgrudar os olhos da mulher.
Sei que aquilo impactou muito minha filha, que vivia num mundo, onde nunca havia visto tal miseria.
Dois anos depois fomos novamente para o Brasil e ela disse: "Mae, vamos na cidade, quero ver se aquela mulher ainda esta la".

Continuei minhas andancas por Chicago. Uma cidade cinzenta e triste.

Dei sinal para um taxi (ja estava na hora de ir para a Union Station onde pegaria o onibus). Parou um taxi, um motorista hindu. Sei que tenho um tremendo sotaque, mas tenho uma tremenda dificuldade de entender os hindus quando falam Ingles.
Um homem mal educado, sem paciencia, cortava o transito xingando um ou outro... e virava para mim e dizia um monte de coisas que eu nao entendia, mas eu sorria e concordava.
Afinal, descobri que o sorriso tem um poder ilimitado. Mas nao o riso, mas o "sorriso"... Aquele assim meio timido, como "concordando" ou "discordando", seja la o que ele queira...

E quando vi esse motorista, lembrei-me da ultima vez que fui ao Brasil. Peguei um taxi, e conversando com o motorista perguntei se ele ja havia sido assaltado. Ai ele diz assim: "Fui sim minha senhora, eles encostaram o revolver na minha cabeca...e o outro de tras, dizia, mata ele, mata!". E eu disse: "Olha, leva tudo que eu tenho, mas nao me mate nao. Eu acho ate que voces tem razao de roubar, do jeito que esta esse Brasil, a semana passada mesmo eu estava pensando em fazer isso"...rs
Ai disse: "A sra. ve dona, o que a gente acaba falando para nao ser morto?"

Sou uma observadora eterna das pessoas. Tantas almas diferentes, tantos sentimentos abrigados em tantos coracoes que pulsam, tantas verdades e inverdades, tanto sofrimento, tanta miseria. Diferencas enormes de vida.

Temos tantas coisas para dar...e uma alma repleta para sentir.


®Mary Fioratti

13 comentários:

terezinha disse...

Cunhadinha,
Mais uma de suas belas cronicas,seu dom para escrever,e tao intenso que e impossivel ficar imune.
A gente chora,ri e acaba juntos fazendo a viagem.Belo escrito!
Parabens!
Beijos
Te
**Segue hoje sua encomenda**

Beatriz Prestes disse...

Mary querida, tua reflexão me fez pensar em quanto se há para fazer. Quantas questões, quantas histórias, quanto sentimento existe nos milhões de corações espalhados por este mundo. Quantos universos individuais pulsam ansiosos!!!
Lindo texto minha amiga querida, repleto de verdades doces, repleto re realidades ácidas.
Mas como é bom podermos enxergar estas minúcias da vida, que constatamos às vezes por breves segundos....como o doce olhar dos pais vendo o filho querido das os primeiros passos, de muitos que o levarão à tantos caminhos neste vida!!!
Maravilhoso amiga que amo!!
Beijo com amor
Bea

Patricia disse...

Tenho que te confessar que escreves maravilhosamente bem!
Vou continuar a visitar-te...

Amaral disse...

Ficar sentada, a observar as pessoas!...
Não se podem observar pensamentos ou sentimentos; mas podem observar-se emoções. E estas são muito chegadas aos sentimentos ou a simples pensamentos...
A descrição que fazes daquele homem, junto ao "starbucks", com a sua latinha, fez-me lembrar algo que li sobre o ser humano, suas diferenças, seus hábitos e sua forma de estar na vida.
Se, realmente, somos todos UM, e estamos todos unidos em Deus, aquele homem não passava, afinal, duma forma de expressão divina. Um homem feliz da vida, mas precisando comer restos do lixo... As sensações que nos assaltam, ao percebermos que "aquele homem" sou EU, individualizado noutra forma, e é o próprio Deus, numa manifestação diferente da minha!!!
Calculo que tivesses pensado algo semelhante...
O que faz observar atentamente as pessoas, Mary!
Tantas almas e todas elas a evoluirem, por entre alegrias e sofrimentos...

Anônimo disse...

Oi Querida!
Que bom voce ter nos "levado" junto na sua viagem. Mesmo sem os sacrificios envolvidos, voce nos leva a lugares distantes e tao diferentes.
Que alma boa a sua comprar muffin e cafe para o pobre homem! Que Deus a abencoe.
Estou te mandando hoje um coupon de $ 3.00 do Olive Garden pra voces. Aproveite e tome um vinho gostoso tambem.
Beijos,
Evie

Kalinka disse...

E…
aconteceu o jantar da comunidade blogueira.
Telefono e encontro-os ali na esquina
Apresentações, trocas de palavras
Confessionário do Dilbert, FairyFolk,
Choninha e marido.
Frio, muito frio, convida:entra no carro
Esperamos…
mais um telefonema
Todos querem saber como lá chegar
Todos ansiamos pelo encontro
Uns já lá sentados à mesa enorme
Esperando e questionando-se:
Quem são os novos bloguistas?
Da curiosidade fez-se realidade

...continuação lá no kalinka.
Beijos e abraços.

Gracinha disse...

Espetacular...mais nada a dizer!
Gostei bastante...beijinhos e boa semana

Valderez disse...

Marynhaaa, fui com vc prá Chicago e depois de ler tudo isso meu dia será bem melhor...
Tenha uma semana fabulosa!
Beijo
Val

Ricardo Rayol disse...

Mary, é um impacto descobrir que o mundo não são só flores. Tenho minhas opinioes sobre como tratar a pobreza. Como pago impostos imorais e não tenho nenhum retorno por eles (diferentemente dos eua acredito) eu não olho a mendicancia com os mesmos suaves olhos que tu. Uma pena ter me tornado tão cínico.

Musician disse...

Após ler este teu escrito, só me apetece dizer que te adoro e que estás bem no meu coração.
Admiro-te muito Mary, és uma grande Mulher!

Um beijo*

Alex disse...

Mary, e que sentido teria a nossa existência sem alma? Gostei muito do teu texto, a nossa alma é o nosso sentir, o nosso abraçar da vida, e sabes o que penso? Que quando escrevemos deixamos a nossa alma bem despida.

Há quem a veja, ou a sinta.
Há quem nem a veja, ou nem a sinta ...


e esses, serão os mais pobres de sentimentos.



Um beijo Mary

Pé de Salsa disse...

Bom dia, Mary,

Este é um dos textos mais lindos que já li.
Não sei como consegue "guardar" todos esses momentos, lembrar dos pormenores e, com a maior das facilidades, descrevê-los de tal maneira que parece que os vivemos também.

Acho que lhe vou "roubar" este texto e publicá-lo. Não se importa?

Um beijo e tenha um bom dia!

disa disse...

情色網,情色a片,情色遊戲,85cc成人片,嘟嘟成人網,成人網站,18成人,成人影片,成人交友網,成人貼圖,成人圖片區,成人圖片,成人文章,成人小說,成人光碟,微風成人區,免費成人影片,成人漫畫,成人文學,成人遊戲,成人電影,成人論壇,成人,做愛,aio,情色小說,ut聊天室,ut聊天室,豆豆聊天室,聊天室,尋夢園聊天室,080視訊聊天室,免費視訊聊天,哈啦聊天室,視訊聊天,080聊天室,080苗栗人聊天室,6k聊天室,視訊聊天室,成人聊天室,中部人聊天室,免費視訊,視訊交友,視訊美女,視訊做愛,正妹牆,美女交友,玩美女人,美女,美女寫真,美女遊戲,hi5,hilive,hi5 tv,a383,微風論壇,微風,伊莉,伊莉討論區,伊莉論壇,sogo論壇,台灣論壇,plus論壇,plus,痴漢論壇,維克斯論壇,情色論壇,性愛,性感影片,校園正妹牆,正妹,AV,AV女優,SEX,走光,a片,a片免費看,A漫,h漫