30 janeiro 2007



ESTRADA DO AMOR



Centro meu olhar em sua boca
Voce fala, mas nao consigo entender
ela se move, se contrai, se fecha
voce explica, da um meio sorriso, fica serio
e fico a olhar esse bailado
acompanhado com o ritmo da sua voz
uma voz quase de crianca
e quando voce ri, o som de sua risada
enche meu mundo de alegria
Voce tem o poder de transformar
uma magica que é mesmo somente sua
Quando estamos frente a frente, bem juntos
e olho para dentro de seus olhos
suas maos passeiam em meu corpo
tocando as rendas da minha blusa
passando a mao em minha calca jeans
cheirando meus cabelos, puxa-me contra voce
e naquele momento respiramos alterados
quando voce insinua a lingua em meu ouvido
fala de fantasias e desejos sussurrados
Ah esses desejos!
esse versejar de ternura e volupia
esse respeito, meio desrespeitado...
Essa sua mao que percorre os tuneis
de minhas roupas justas
e esse seu olhar de malandro apaixonado
Rendo-me aos seus desejos
provando o gosto unico de sua boca
e enquanto acaricio seus cabelos sensualmente
suas maos ainda passeiam
dentro e fora de minhas roupas
viagem cheia de curvas, derrapadas longas,
deliciosas paradas, lentas e depois velozes
Voce dirige olhando o espelho de minha alma
muda minhas marchas, de acordo com meu desejo
e como uma gata manhosa no cio
moldo-me a sua volupia, canto em seus ouvidos
ate que nos dois, experimentando nossas delicias
perdemos a nossa bussola...e procurando nosso norte
achamo-nos no sul de nossas caricias


®Mary Fioratti

10 comentários:

Ricardo Rayol disse...

Um hábil e audaz manipulador... ou será ela quem o conduz na exploração de curvas e engrenagens tão perfeitas?

Musician disse...

Tão delicioso este texto...ainda para mais junto com esta belissima música!
Deixaste-me nas nuvens querida!
Eu gosto muito de ti, minha amiga.
Um beijo maior que o mundo só para ti.

Amaral disse...

Acho deliciosa esta viagem sensual, que começa num princípio que é somente uma ternura, e acaba quando os sentidos se misturam num emaranhado de desejo e paixão...
As palavras respiram carinho que um beijo inicia mas que o olhar "manhoso" e apaixonado depressa transforma numa onda voluptuosa de alegria acriançada...
Parabéns pela inspiração e, também, pelo prazer que te deu em "interpretares" o momento de amor mais belo: aquele que alia a ternura, o carinho, a paixão...

Daniela Mann disse...

Que foto, que texto...
Estás inspirada minha amiga!
*´¨)
¸.•´¸.•*´¨) ¸.•*¨)
(¸.•´ (¸.•`* Beijinhos

Zé Carlos disse...

Mary querida, você tem o poder de nos levar a lugares nunca dantes visitados....

Falar de vc é fácil para quem te conhece.... Vc é tudo de bom.

Bjs do ZC**

Jéssica disse...

Boa noite, doce Mary!

Por favor anota o meu novo blog:

http://umlugargostoso.blogspot.com

Conto com você!

Obrigada, beijos*.*

Silvana Porto disse...

Oi minha querida amiga...

Mil perdões pelo meu sumiço.
Tenho estado numa correria sem fim no meu trabalho, em casa e com meu flog.
Mas, eis-me aqui nesta manhã para visitá-la e tomar um cafezinho com você. E bailar por este cantinho tão agradável e romântico... junto a esta música suave e envolvente.

Seu espaço é tão especial, pois tem um toque peculiar e que reflete sua presença.

Obrigada pelo grande carinho deixado em meu cantinho, quando me presenteia com suas belas visitas.

Desejo uma quinta feira maravilhosa e de muita paz em seu coração.

Beijo enorme e Deus a proteja sempre... Sil

Deco disse...

Oie!

Enjoada da rotina? Quem não está... Tem texto novo sobre ela lá no Trilhas! Bjs

Kafé Roceiro disse...

A mestra das palavras. A dona de tudo. Querida amiga, saudades demais docê... Beijos e agora estaremos firmes, tá?

mixtu disse...

um encontrar de pontos cardeais...
um caminho de prazer.. de viver...

muito bonito, como sempre

besitos