23 abril 2006




ACALANTO




Acalanto
Quero hoje pegar você no colo
Enrolar sua dor dentro de mim
Curar suas feridas
Beijar a sua vida
Soprar em sua face
A brisa do amor

Acariciar sua cabeça
Cantando uma canção de ninar
Deixar o tempo passar
E ficar guardando sua alma
Não deixando nenhuma dor
Se aproximar

Seus olhos fechados sonhadores
Minhas mãos acariciando
Todas suas dores
E como por encanto
Transformando-as em felicidade

Quero hoje no meio desta saudade
Arrancar uma flor no canteiro
Do meu coração
A mais Linda flor…a flor do amor
E colocar na lapela
De sua alma

E olhando dentro dos seus olhos
Enquanto baixinho seu nome eu chamo
Acariciar seu peito, beijar seu queixo
E dizer boca a boca que te amo!


®Mary Fioratti
,

2 comentários:

Zé Carlos disse...

...oi menina Mary, se vc soubesse como faz bem em determinados momentos da vida, um acalanto, um aconchego de uma pessoa querida !!!! Parabéns mais uma vez por ter a sensibilidade à flor da pele sempre.... bjs do Zé

Musician disse...

Que delicia!! :)

Beijinho*