25 julho 2006






CASTELO DE SONHOS




Seu existir guia meus passos
quando sinto aquela tristeza
apoderar-se de meus dias
Seu riso aberto e franco
é o som da minha estrada
que sigo com meus olhos fechados
e tao certa do caminho a percorrer
Quando entre paredes fico
para ouvir sua voz
essa ternura propaga-se
envolvendo meu corpo
como um abraco unico
Ah! se nao fosse voce
meus dias seriam tao planos
meu corpo nao tremeria
ao ouvir voce dizer aquele "Te Amo"
abafado ao bocal do telefone
Nao haveria aquela falta de ar
ao subir a montanha ingreme
do Castelo dos nossos sonhos

®Mary Fioratti

4 comentários:

Musician disse...

As vezes, só de saber que a pessoa que a gente ama existe e está bem, ja nos faz feliz! :)
Escreves tao bem minha querida!
Beijo doce*

Bea disse...

Oi Mary
Que poema lindo!!!! Voce consegue retratar tão bem os sentimentos. Olha ,hoje comemora-se o dia do Escritor e vc além de poetisa tbm é uma ótima escritora Pelo dia q quase está acabando o meu abraço e parabens!! Bea

Daniela Mann disse...

Chega a arrepiar! Parabéns Mary!
Beijinhos desta sua fã, Daniela

Alexis Coald disse...

"Seu existir guia meus passos
quando sinto aquela tristeza
apoderar-se de meus dias" Me gustó esta parte. el amado que llena el dia, hermoso Mary.
El poema es bello, sutil , de suave cadencia, y con pasión poética.
Que linda fotografía

A tus pies

Alexis Coald