07 julho 2006




JARDIM DO CORAÇÃO




Amor profundo
que toca a pele
arando todos os pedacos
das minhas montanhas
renascendo flores
secando feridas
Toque de sonho
em camadas de vida
trazendo a lagrima
tao necessaria
de pura emocao
Amor verdadeiro
fundido
sentido
e intensificado
Seus olhos doces
parecem impenetraveis
mas sao tao
transparentes
Em sua boca
florescem frases
de conforto
sorrindo sempre
dando-me forca!
Seus bracos
protegem-me dos perigos
(mesmo dos que nao existem)
Suas maos fortes
e tao minhas
Direcionam-se
para minhas dores
aparando de modo suave
as hastes
das minhas flores
Amor profundo
tatuado em minha alma
explode em carinhos
por todos os caminhos
Por um instante paro
E danco minha vida
ao som da sua cancao
Enquanto minhas maos
sorrateiras
alcancam uma flor
na arvore de sua alma
Plantando-a no jardim
do meu coracao

®Mary Fioratti

4 comentários:

El Navegante disse...

"Enquanto minhas maos
sorrateiras
alcancam uma flor
na arvore de sua alma
Plantando-a no jardim
do meu coracao"

Desejo que fique en destaque, iste maravilhoso final da tua poesía,por que esteve certo cuando teve a curiosidade no blog do Mixtu (amigao) de descobrir qué e a donha de um blog con un nomem tao especial.
Maior foi meu descubrimetno, con lo nomm da URL.
logo olhei um poquinho tua historia da que vc fala.
ASgora vejo entao, por que vocé pode esrcrever cosas como as que desejé destacar.
A saudade, para mim que sou nsotálgico (saudoso) númeo um, como bom bohemio e aquariano,e o valor mais bonito qeu pode ficar na alma da gente.
Pobres aqueles que nao conchecen tuda sua dimención, e me algra tanot houver descoberto o teu tmeplo da poesía, sensibilidade, e saudades.
Parabéns por tudo o que vc faz en iste mundinho tao especial, e na tua vida.
Fernando, o Navegante de mares, ríos e sonhos....

Joel Langarika disse...

wow, I tried to get in to it, but my portuguese is zero. but my spanish help me a lot! the intensity of your words, dance slowly in the eyes, then, all your poem burst with joy! and we left this poetic house with all the senses wide open. cheers! from Puerto vallarta, jalisco Mèxico

Vera Fróes disse...

Mary, nada como amar e ser amada! Isso é a perfeição do amor...

Bjos.

Poemas e Cotidiano disse...

Vera,
Varias vezes tentei comentar no seu blog, mas volta uma mensagem no meu email, dizendo que sua caixa esta lotada!
Menina, faca o favor de "esvaziar". Risos.
Beijos
MARY