13 julho 2006




VEM AQUI . . .




Vem aqui, senta comigo
Ha tanto tempo nao o vejo
quero olhar indefinidamente
seus olhos meigos
sorrir para seu sorriso
Vem aqui, deixa-me segurar suas maos
quero acaricia-las
beijar seus dedos um por um
sentir o arrepio em meus labios
em tocar sua pele
Faz aquele rosto de pedinte
estremece seu corpo
deixa-me sentir sua emocao
Vem aqui, deixa-me acariciar seus cabelos
quero senti-los entre meus dedos
cheira-los, acaricia-los
deixa-me mergulhar em sua presenca
de um modo silencioso e cumplice
falar a linguagem dos olhos
dialogo imprescindivel
entre duas pessoas que se amam
Vem aqui, preciso de sua presenca
quero renascer a minha alma com seu toque
percebendo meus poros
suando com sua emocao
Vem aqui, tira minha roupa com carinho
mas antes que sejamos tomados pelo desejo
percebe esse momento com ternura
sinta nossos corpos juntos, o roçar da pele
beija meus labios com suavidade
depois, com o movimento lento de suas maos
mostre-me com gestos em meu corpo
a sua saudade...

®Mary Fioratti

7 comentários:

Maresi@ disse...

Lindo esse poema... bela foto...
Agradeço sua visita ao meu recanto..e voltarei sempre..
Beijo Maresi@

Joel Langarika disse...

your poemas with such tremendous passion and sensuality, brings joy to anyone who read it. That`s why I`m stick to your blog, and i feel happy `bout it! i will keep coming until you close the door! Cheers!

Musician disse...

Como eu gostava de sentir isso tudo, outra vez...
Lindo este textinho minha doce Mary.
Adoro-te
Beijo doce*

AS disse...

Paixão, desejo, sensualidade!... senti cada palavra como uma suave caricia...

Beijosss

☆Fanny☆ disse...

Ai o amor...o amor...ele que nos deixa no céu das fantasias e nos faz sorrir a alma.

Um texto de uma sensualidade cativante!

Um abraço de estrelinhas*

Fanny

Zé Carlos disse...

Oi querida, não preciso escrever mais nada, minhas antecessoras já disseram... vc encanta em cada letra, parabéns a mim que tenho a graça de ser seu amigo !!!! Beijão do Zé

Alexis Coald disse...

sensuality, sensuality and passion.

A tus pies

Alexis Coald